Alergia a Carboidratos | Sintomas, Reações e Intolerância

Alergia a Carboidratos | Sintomas, Reações e Intolerância

Uma reação alérgica aos carboidratos ocorre porque seu sistema imunológico confunde os carboidratos como uma substância perigosa. Embora o carboidrato possa ser inofensivo, seu corpo reage da mesma maneira que uma infecção viral ou bacteriana.

publicidade
publicidade
Sintomas e Doenças

A maioria das alergias alimentares está relacionada às proteínas encontradas em alimentos específicos, como glúten, soro de leite ou caseína.

Estudos recentes relatados pela ABC News afirmam que certas alergias incomuns, como uma alergia a carne, descobriram que a reação era a certos carboidratos encontrados em alimentos, e não proteínas.

A reação alérgica é uma hipersensibilidade aos carboidratos específicos e pode não estar relacionada aos carboidratos em geral.

As alergias alimentares são comumente confundidas como intolerância alimentar e precisam ser determinadas pelo seu médico.

Uma alergia alimentar é um mau funcionamento do seu sistema imunológico, enquanto a intolerância alimentar é a incapacidade de seus intestinos para criar as enzimas adequadas para quebrar certas proteínas e açúcares.

Se você suspeitar que é alérgico a carboidratos, converse com seu médico.

Reação alérgica

Alergia a Carboidratos

Uma reação alérgica aos carboidratos ocorre porque seu sistema imunológico confunde os carboidratos como uma substância perigosa. Embora o carboidrato possa ser inofensivo, seu corpo reage da mesma maneira que uma infecção viral ou bacteriana.

Seu sistema imunológico cria certas proteínas chamadas anticorpos IgE, abreviação de imunoglobulina E, de acordo com a Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia.

Essas proteínas...

publicidade ;)

... são projetadas para reconhecer o carboidrato quando ele entra no corpo e para combatê-lo. A liberação de anticorpos IgE faz com que os mastócitos no organismo produzam histamina, uma das principais substâncias químicas que levam a sintomas de alergia alimentar.

Identificação da alergia a carboidratos

Identificar e confirmar um carboidrato é o primeiro passo para a prevenção e tratamento da doença. Se seu médico suspeitar que você é alérgico a certos carboidratos, ela pode recomendar testes de alergia para determinar quais tipos de carboidratos causam uma reação alérgica.

Seu alergista pode optar por usar um teste de pele ou sangue. Ambos os testes ajudam a determinar se o seu corpo cria anticorpos IgE quando o carboidrato é introduzido em seu corpo. Se os testes retornarem positivos, seu médico irá diagnosticar com uma alergia a carboidratos.

Sintomas de alergia alimentar

Os sintomas de uma alergia a carboidratos são semelhantes a uma alergia alimentar geral. Alergia alimentar comum os sistemas desenvolvem-se no sistema digestivo, na pele e no trato respiratório.

Os sintomas podem variar de leves a graves e se desenvolverão na primeira hora após a ingestão do carboidrato. Você pode desenvolver dores de estômago,...

publicidade

...cãibras, diarreia, vômitos, náuseas e dor de estômago minutos depois de ingerir um carboidrato para o qual você é alérgico.

A pele pode ficar inflamada, com coceira e vermelha ao redor da boca ou em qualquer outro lugar do corpo. Urticárias e eczema são duas reações cutâneas comuns que se desenvolvem a partir de uma alergia alimentar.

O sistema respiratório pode ficar tenso. Inflamação nos seios da face, nos pulmões e na garganta pode levar a congestão nasal, falta de ar, chiado no peito, tosse, dor no peito e gotejamento pós-nasal.

Alergias e Intolerância a Carboidratos

De acordo com a ABC News, a única alergia a carboidratos que foi identificada é com carboidratos encontrados em carnes.

A reação alérgica é considerada muito rara e causa sintomas retardados, enquanto outras alergias proteicas causam sintomas relativamente imediatos.

A intolerância a carboidratos só causará sintomas digestivos, enquanto uma alergia a carboidratos genuína causará sintomas que afetam mais do que o intestino.

Alergias a carboidratos podem causar choque anafilático e precisam ser avaliadas pelo seu médico. Pare de comer qualquer alimento que você suspeita que seja alérgico até que você possa ser consultado por um médico.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.