Alucinações Hipnagógicas | Sintomas, Causas, Diagnóstico e Tratamento
Autor: Dr. Pedro Lemos

Alucinações Hipnagógicas | Sintomas, Causas, Diagnóstico e Tratamento

Uma alucinação hipnagógica é uma sensação vívida, semelhante a um sonho, que um indivíduo ouve, sente ou consegue sentir o cheiro e que ocorre perto do início do sono.

publicidade

Pode ser muito assustador alucinar alguma coisa enquanto você está tentando adormecer. Essas sensações de sonho podem ocorrer mais comumente em certos cenários. Qual é a definição de uma alucinação hipnagógica? Saiba mais sobre os sintomas, causas, diagnóstico e tratamento dessas sensações e sua conexão com o sono com essa visão geral.

Sintomas de alucinações hipnagógicas

Uma alucinação hipnagógica é uma sensação vívida, semelhante a um sonho, que um indivíduo ouve, sente ou consegue sentir o cheiro e que ocorre perto do início do sono. Quando o indivíduo adormece, por exemplo, ele experimenta intensas alucinações hipnagógicas e imagina que há outras pessoas em seu quarto. Estes os episódios geralmente são breves e também podem ocorrer quando alguém transita do sono para a vigília (uma variante chamada hipnopompia).

"As ilusões ocorrem enquanto acordadas e são classificadas como deturpação sensorial de um estímulo externo, enquanto alucinações ocorrem na ausência de qualquer estímulo externo", segundo a American Sleep Association.

O ASA observa que estas alucinações são comuns, com pelo menos 10% da população experimentando tais sensações. Adolescentes, jovens adultos e meninas e mulheres são mais propensos a ter essas alucinações.

Causas

É possível que esses episódios ocorram esporadicamente e isso pode não ser significativo. Às vezes, alucinações hipnagógicas podem indicar um problema. Se ocorrerem com freqüência, podem ser perturbadoras e o sono perturbado pode levar à insônia.

Existem muitas causas potenciais que devem ser descartadas, incluindo:

  • Medicamentos
  • Álcool perto da hora de dormir
  • Uso ilegal de drogas
  • Ansiedade não tratada

Outras causas de fragmentação do sono, incluindo privação de sono, padrões irregulares de sono ou outros distúrbios do sono também podem ser considerados. Em particular, as alucinações hipnagógicas são...

publicidade

... um dos quatro sintomas cardinais da narcolepsia do distúrbio do sono.

Muitas vezes alucinações hipnagógicas e paralisia do sono andam de mãos dadas. Durante a paralisia do sono, a pessoa fica imóvel, incapaz de se mover, apesar de estar consciente. Esse estado ocorre quando as pessoas estão em transição entre o sono e a vigília e podem fazer com que o indivíduo fique com medo.

Pode ser difícil para a pessoa perceber que a paralisia é passageira. Durante um episódio de paralisia do sono, uma pessoa pode lutar para respirar ou sentir rigidez muscular. A paralisia do sono geralmente ocorre quando uma pessoa está acordando do sono (hipnopompia), e não quando a pessoa está caindo no sono (hipnagogia).

Diagnóstico

Se você acha que está sofrendo de alucinações hipnagógicas, ou se seus entes queridos acham que está, converse com seu médico sobre as possíveis causas desses episódios. Você pode precisar ser encaminhado a um especialista em sono certificado pelo conselho ou observado para avaliação adicional. O teste pode exigir uma polissonografia de diagnóstico e vários testes de latência do sono, com uma estadia em um centro de sono.

Se essas alucinações não parecem estar causando grandes perturbações em sua vida ou no sono, nenhuma ação adicional pode ser necessária. No entanto, pode ser sábio para você e seus entes queridos se familiarizem com essas alucinações, para que todos sintam um maior senso de controle sobre elas quando ocorrerem.

A narcolepsia é um distúrbio neurológico que ocorre quando o cérebro não consegue regular eficazmente os ciclos de sono-vigília. Pode estar associado a alucinações hipnagógicas recorrentes. A narcolepsia pode levar uma pessoa se...

publicidade

...sentir excessivamente sonolenta durante o dia. Pode causar um desejo irresistível de adormecer durante as horas normais de vigília. Consequentemente, a narcolepsia é comumente associada à "sonolência diurna incontrolável e excessiva".

Pode estar associado a outros sintomas, incluindo cataplexia. Cataplexia é uma fraqueza associada a uma emoção. Por exemplo, rir, sentir medo ou contar uma piada pode causar uma fraqueza repentina e passageira. Essa fraqueza pode se manifestar quando os joelhos se dobram, a cabeça se inclinar para a frente, fraqueza nas mãos ou até mesmo fala arrastada. Também é raro, afetando cerca de 1 em 2.000 pessoas. A narcolepsia é uma condição permanente e pode exigir tratamento com medicamentos prescritos por anos.

Tratamento

Alucinações hipnagógicas infrequentes não requerem tratamento e a simples reafirmação pode ser suficiente. Se uma causa puder ser identificada, eliminá-la pode ser a solução mais eficaz. O tratamento de alucinações hipnagógicas pode depender de alterações comportamentais e do uso de medicamentos que estabilizam o sono. É importante manter um horário de sono-vigília regular com um horário de vigília consistente e hora de dormir. Deve haver uma quantidade adequada de tempo gasto na cama para atender às suas necessidades de sono. A privação do sono deve ser evitada. No caso da narcolepsia, podem ser prescritos medicamentos que melhorem a estabilidade do sono, como o oxibato de sódio (Xyrem).

Alucinações hipnagógicas podem ocasionalmente ocorrer sem conseqüência. Se for recorrente e incômoda, e associada a outros sintomas sugestivos de narcolepsia, recomenda-se uma avaliação adicional por um médico do sono certificado pelo conselho. O tratamento pode fornecer alívio efetivo e facilitar a transição para o sono.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade