Ansiedade | manifestações dos sintomas

Ansiedade | manifestações dos sintomas

A ansiedade é uma sensação associada a sintomas diversos e inexplicáveis.

publicidade
publicidade

A ansiedade é uma sensação associada a sintomas diversos:

  • taquicardia
  • nervosismo
  • sudorese (suor excessivo)
  • problemas digestivos (prisão de ventre, enjôos, gases)
  • falta de ar
  • dores de cabeça
  • fome exagerada
  • medos sem razão
  • irritação
  • discussões por nada
  • ingestão de bebidas alcoólicas ou medicamentos
  • tabagismo.

Casos extremos chegam à Síndrome do Pânico. As manifestações dos sintomas incomodam tanto que os ansiosos procuram qualquer forma para acabar com eles: dietas milagrosas, cirurgias plásticas, loucuras para emagrecer, e etc. Já aqueles que têm taquicardia e dores vão a procura de médicos e fazem uma enormidade de exames para desvendar e amenizar os sintomas, sem sucesso. Essas pessoas fazem diversas tentativas para acabar com os sintomas que a ansiedade provoca, mas se nenhuma delas resolve o problema fica claro que são tentativas para acabar com os sintomas físicos que ela produz.

É preciso...

publicidade

... tratar a causa da ansiedade. A ansiedade normalmente é gerada, por exemplo, pela mania de perfeição, por não querer magoar os outros, por impulsos autodestrutivos, por possuir uma auto-imagem ilusória, medo das críticas, medo de errar, por preocupações excessivas, por inveja e querer ser igual ao outro, por atitudes e pensamentos equivocados que aprendemos a partir da infância, dentre tantos outros.

Para ajudar a resolver esse processo de ansiedade você pode respirar corretamente e assim relaxar; praticar exercícios físicos regularmente; mudar hábitos alimentares e etc., etc., etc., etc.

Um boa dica (muito eficaz, por sinal) é procurar uma psicóloga que ajude você a voltar no tempo, descobrindo as causas da sua ansiedade fazendo com que você tenha condições e recursos para lidar com ela e superá-la.

Experimente! 

Aviso Saudável
Os conteúdos dos artigos e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.

publicidade
publicidade