Dor na panturrilha depois de correr

A dor na panturrilha depois de correr é comum em corredores iniciantes, os corredores que estão começando na corrida. Saiba as causas mais comuns!

ver o artigo completo...

Uma lesão na panturrilha é um rompimento das fibras musculares dos músculos na parte de trás da perna inferior e pode variar de leve a muito grave.

Lesões na panturrilha geralmente ocorrem como resultado de uma súbita empurrando fora do movimento ou de uso excessivo, e excesso de alongamento dos músculos da panturrilha como demonstrado em atividades de salto ou durante mudanças rápidas de direção.

O tratamento inclui, descanso, gelo e compressão durante o estágio agudo seguido por um programa completo de reabilitação consistindo em alongamento e fortalecimento de exercícios.

Sintomas

Os sintomas de uma lesão na panturrilha pode variar significativamente, mas geralmente envolvem uma dor brusca súbita na parte de trás da perna inferior. O músculo da panturrilha, muitas vezes, fica sensível ao toque no ponto de lesão e inchaço e hematomas podem aparecer dentro de horas ou dias.

Dependendo de quão ruim é a lesão da panturrilha, o atleta pode ser capaz de continuar a correr, embora o corredor muitas vezes terá algum desconforto e tensão durante ou após a corrida. Quando as lesões são mais severas o atleta pode recordar quando o ferimento ocorreu e ou pode ser incapaz de andar devido à dor severa.

Uma lesão muscular na panturrilha é graduado de 1 a 3, com grau 3 sendo o mais grave. Um grau 1 não precisa normalmente de tratamento profissional, enquanto grau de lesão 2 ou 3, dependendo da sua severidade, pode exigir um tratamento mais especializado e aconselhamento de reabilitação de um profissional de lesões esportivas.

Se a sua panturrilha dói depois de correr, você pode estar sofrendo de fadiga no músculo da perna (respoável pelo amortecimento nas passadas durante a corrida), um ferimento comum entre corredores que estão começando na corrida.

A dor na panturrilha é uma inflamação dos músculos, dos tendões e do tecido na parte inferior da perna. O osso da tíbia, o osso grande no inferior da perna, também pode estar envolvido.

A dor na panturrilha muitas vezes ocorre depois de correr ou possivelmente no dia seguinte.

Causas de Dor na Panturrilha depois de correr

A dor na panturrilha depois de correr é comum em corredores iniciantes, os corredores que estão começando na corrida, muitas vezes não estão com o condicionamento muscular adequado, ou que podem ter erros no momento da pisada.

As causas comuns de dor na panturrilha em corredores são

  • pronação, ou excessiva viragem para dentro do pé durante a passada na corrida
  • supinação, ou rolamento excessivo para fora
  • tênis inadequados
  • correr em excesso
  • correr em superfícies duras
  • flexibilidade mínima na articulação do tornozelo
  • falta de fortalecimento muscular

Tratamento

Dor na panturrilha pode ser leve a severa. A coisa mais importante para acelerar o processo de cura é para descansar a perna. Para o corredor se recuperar, é recomendado o descanso completo por pelo menos cinco dias ou mais se você ainda sente a dor.

Aplicar compressas de gelo em sua perna inferior por 15 minutos de cada vez e elevar a perna para diminuir o inchaço. Meia de compressão, usar tênis de corrida de acordo com a sua pisada, e palmilhas com amortecimento, alonagmento, massagem, musculacão, alimentação e hidratação adequada para ajudar o processo de cura. Se o tratamento não aliviar sua dor, agendar consulta com um médico.

Depressão no Corredor 

Quando você está acostumado a correr ou se sentir bem, porque você acabou de começar um novo treino de corrida, você pode tornar-se deprimido ao ficar inativo com uma lesão e medo de que você não vai manter o seu nível de fitness.

Prevenção

Para evitar que uma lesão aconteça durante a corrida, determine a causa do ferimento. Órteses ou palmilhas podem ser úteis para pronação ou supinação. Não aumentar sua distância de corrida por mais de 10% por semana para que seus músculos não estão sobretrabalhados. Varie suas superfícies ocasionalmente durante a corrida, correr em áreas mais macias, com gramas para a melhor absorção do choque, e alongar e aquecer seus músculos antes de correr assim você não tem os músculos inferiores apertados da perna.