Carência Afetiva e Sintomas Depressivos
Autor: Cíntia Gemmo Vilani

Carência Afetiva e Sintomas Depressivos

Existe um vazio e uma angústia de alma que faz o indivíduo não querer mais se arrumar, sair de casa, buscar diversão ou trabalhar bem.

publicidade

Ao não cuidarmos de nossas emoções, podemos cair no erro da apatia crônica, de não enxergamos mais o prazer nas pequenas coisas e muito menos imaginar que o futuro a médio e longo prazo podem oferecer.

Nesse estado de entrega, existe um vazio e uma angústia de alma que faz o indivíduo não querer mais se arrumar, sair de casa, buscar diversão ou trabalhar bem.

Tais sintomas são parecidos com o caso típico de depressão que pode encobrir algo, uma emoção latente, que se trata da síndrome da carência afetiva.

Pessoas carentes afetivamente depositam no outro (chefe, amigo, parceiro, vizinho, porteiro e tantos outros) a sua chance de ser feliz.

Não é...

publicidade

... à toa que muitas pessoas passam o dia em mídias sociais vasculhando e acompanhando a vida alheia.

Isso não é sinônimo de falta do que fazer ou ser fofoqueiro. Mas, pode ser visto como mais uma ferramenta usada por quem sofre de carência afetiva.

Pessoas afetadas por essa carência tentam suprir suas necessidades no outro.

Vivendo sempre junto a alguém, o famoso unha e carne pode esconder alguém extremamente inseguro e com baixa autoestima que precisa de outro para ir caminhar, para ir ao shopping, fazer faculdade e tantas outras atividades corriqueiras.

São pessoas sensíveis e emocionalmente machucadas.

Alguns profissionais da saúde mental apontam que esses indivíduos provavelmente tiveram uma infância difícil, entretanto,...

publicidade

...esse não é um fator delimitante e nem causador.

Ter uma personalidade melancólica e padrões de pensamento de vitimização auxiliam nesse processo.

Por isso é necessário um processo de autoconhecimento diante de frustrações e decepções.

Nem sempre o outro é causador do mal estar vivido e vivenciado. A culpa pode estar no próprio sujeito que, carente afetivamente, acabou acreditando cegamente nas propostas do outro.

Existem dois sintomas comportamentais que auxiliam no processo diagnóstico:

  1. Não aguentar solidão amorosa: sair de um relacionamento para o outro sem ficar um tempo sozinho é sinal de grande carência afetiva
  2. Consumismo: estar sempre desejando algo seja qual for tipo de consumismo é um sinal de uma angústia.
Sobre o Autor

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade