Chocolate pode ajudar no rendimento físico
Autor: Dr. Pedro Lemos

Chocolate pode ajudar no rendimento físico

O chocolate pode ter um efeito surpreendentemente grande sobre a resposta do corpo ao exercício.

publicidade

Para aqueles que se preocupam com sua dieta nutricional, há boas notícias, com ressalvas. Novas pesquisas sugerem que o chocolate pode ter um efeito surpreendentemente grande sobre a resposta do corpo ao exercício.

Pesquisadores já sabem há algum tempo que o chocolate tem efeitos saudáveis, e estudos epidemiológicos recentes têm mostrado que as pessoas que regularmente entrar em quantidades moderadas de chocolate preto são menos propensos a desenvolver pressão alta ou doença cardíaca ou mesmo sofrer acidentes vasculares cerebrais.

Mas o papel potencial do chocolate no desempenho de exercícios físicos ainda não havia sido estudado, ou, provavelmente, ainda muito considerado, até que os cientistas da Universidade da Califórnia, San Diego, e outras instituições, realizou teste com camundongos sedentários machos uma forma purificada do principal ingrediente, o cacau é nutritivo, conhecida como a epicatequina. Epicatequina é um flavonoide, uma classe de moléculas que são pensados para ter efeitos generalizados sobre o corpo.

Os ratos receberam doses pequenas de líquido de epicatequina duas vezes por dia. Um grupo de controle separado de ratos beberam quantidades iguais de água.

Ambos os grupos foram divididos em dois. Metade dos...

publicidade

... animais em cada grupo começou uma rotina de exercícios leves, que consistia em caminhar em uma esteira por um período curto a cada dia. Após 15 dias, todos os animais completaram um teste de esteira, durante o qual eles correram até a exaustão. Os pesquisadores também analisaram os músculos dos animais principalmente os da perna de trás.

Em geral, os animais que estavam bebendo água foram os primeiros a fracassar durante o teste ergométrico. Ficaram esgotados mais rapidamente do que os animais que receberam a epicatequina. O roedores com maior destaque foram aqueles que tinham combinado epicatequina e exercício. Eles cobriram distância de cerca de 50 por cento a mais do que os animais controle.

As biópsias musculares ofereceu alguma explicação, os músculos de todos os animais que tinham sido dadas epicatequina continha novos capilares, bem como marcadores bioquímicos, indicando que suas células estavam fazendo novas mitocôndrias. As mitocôndrias são estruturas das células que produzem a energia celular. Desta forma o funcionamento do músculo que contém a mitocôndria ficou mais resistente à fadiga.

"Exatamente como a epicatequina intensificou os músculos dos ratos para o...

publicidade

...exercício ainda não é conhecido, mas "parece provável que as células musculares contêm receptores específicos para epicatequina", disse o Dr. Francisco Villarreal, professor de medicina na Universidade da Califórnia, San Diego, e um dos autores do estudo, que foi publicado na semana passada no The Journal of Physiology.

"Epicatequina se liga aos receptores e induz uma resposta integrada, que inclui mudanças estruturais e metabólicas nos músculos esqueléticos e cardíaco, resultando em maior capacidade de resistência", concluiu o estudo.

A pesquisa ainda continua em fase de conclusão, sendo que agora está sendo verificado se os efeitos de fintes em relação a epicatequina serão idênticos no humanos, afinal os testes foram realizados com substâncias líquida e purificada de epicatequina, e não exatamente com barras de chocolate.

Provavelmente o processo de fabricação do chocolate podem acabar com a epicatequina, desta forma o chocolate não teria o mesmo resultado dos testes, mas mesmo assim existe uma grande descoberta se caso se comprove que a substância epicatequina tem o mesmo efeito em humanos, pois abre um novo mercado para produtos com foto no desempenho físico em atletas.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade