Cirurgia do queixo (Mentoplastia)

Cirurgia do queixo (Mentoplastia)

Cirurgia do queixo (mentoplastia), remodela o queixo, inserindo um implante ou realizando uma redução do osso cirurgicamente.

publicidade
publicidade

Cirurgia do queixo (mentoplastia), remodela o queixo, inserindo um implante ou realizando uma redução do osso cirurgicamente. Aumento de queixo é normalmente feito junto com uma rinoplastia (plástica do nariz) ou em um completo rejuvenescimento facial. Implantes podem incluir silicone sólido, ossos ou gordura do corpo do paciente.

Duração

De meia-hora a 2 horas, dependendo das circunstâncias.

Efeitos Colaterais

Dificuldade de falar e sorrir por vários dias após a cirurgia. Se a cirurgia necessitar de suturas internas na boca, o...

publicidade ;)

... paciente pode ser obrigado a ficar em dieta líquida por vários dias.

Recuperação

Se a cirurgia for realizada com a técnica intra-oral, podem ser necessárias suturas internas na boca, o paciente deverá ficar em dieta líquida por vários dias. Pacientes voltam a trabalhar em 1 semana e a fazer atividades físicas leves em média de 2 semanas.

Riscos

Possível sangramento, infecção, dormência facial ou reação à anestesia. Contratura capsular no qual a cicatriz pode ficar endurecida. O implante também pode...

publicidade ;)

... sair do lugar ou migrar para sair da pele, exigindo uma segunda cirurgia.

Resultados

Permanentes.

Tecnologia

Alguns implantes de queixo são inseridos pela parte de dentro do lábio inferior (incisão intra-oral) para evitar cicatriz no rosto. Aumento de queixo é normalmente feito em conjunto com lipoaspiração para remover gordura de baixo do queixo e pescoço.

Internação

Sem internação e normalmente o procedimento é realizado no consultório do médico, ou no paciente internado, se esse for realizar outros procedimentos estéticos.

Anestesia

Local com sedação

Saiba mais sobre Cirurgia do queixo (Mentoplastia)

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo: "Cirurgia do queixo (Mentoplastia)" e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.