Cirurgia para dar tchauzinho sem passar vergonha

Cirurgia para dar tchauzinho sem passar vergonha

No mercado de cirurgia plástica, no Brasil, há implantes de silicone para os seios, o bumbum, a panturrilha, o queixo, o peitoral e coxa. Por que não para os braços?

publicidade
publicidade
Estilo de Vida

No mercado de cirurgia plástica, no Brasil, há implantes de silicone para os seios, o bumbum, a panturrilha, o queixo, o peitoral e coxa. Por que não para os braços?

Foi exatamente essa a pergunta feita pelo cirurgião Ivan Abadesso, há quatro anos, quando um paciente dele entrou no consultório avisando que queria mexer em tudo.

A cirurgia agrada quem quer a ilusão de ser forte ou a rigidez certa para a hora de dar tchau....

publicidade ;)

... A técnica foi desenvolvida por ele e, hoje, já virou referência no mundo.

"A técnica é inovadora e já sofreu alterações. Antes usava silicone em gel; agora, uso outro material, o elastômero. É mais sólido e oferece mais volume", destaca Abadesso.

A técnica foi apresentada no final da manhã de ontem, no 47º Congresso Nacional de Cirurgia Plástica, no Centro de Convenções de Vitória.

O evento termina hoje e contou com a presença de 2 mil cirurgiões....

publicidade

...Segundo o cirurgião Ivan Abadesso, o procedimento ainda não é muito procurado. Foram um pouco mais de 40 cirurgias nos últimos quatro anos.

"Quem procura são pessoas insatisfeitas com a flacidez no braço ou quem querem dar a sensação de ter mais músculos."

"Tem quem malhe durante anos e não ganhe a massa muscular que gostaria. O silicone pode dar o efeito desejado", frisa o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sebastião Guerra.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.