Como você pode gerenciar fibromialgia e piora no tempo frio
Autor:

Como você pode gerenciar fibromialgia e piora no tempo frio

Muitas pessoas com fibromialgia dizem que experimentam aumento dos níveis de dor e depressão durante os meses de inverno.

Como você pode gerenciar fibromialgia e flare-ups de tempo frio

Se você está vivendo com fibromialgia, você sabe que a dor crônica generalizada é uma batalha diária. A maioria dos pacientes também experimenta fadiga, distúrbios de humor e disfunção cognitiva conhecida como "névoa de fibromialgia".

Além de todos esses sintomas, a intolerância ao frio é comumente relatada entre os pacientes. Muitas pessoas com fibromialgia dizem que experimentam aumento dos níveis de dor e depressão durante os meses de inverno.

Felizmente, você não precisa temer nesta época do ano se você pode fazer algumas mudanças ou adições à sua rotina diária.

Aqui estão algumas maneiras simples de se aquecer e se sentir melhor no geral quando você está lidando com fibromialgia e tempo frio.

Por que minha fibromialgia piora no inverno?

Quando muitas pessoas pensam no inverno, elas imaginam esquiar, patinar no gelo, ou se enrolar perto do fogo com um bom livro. Infelizmente, este não é o caso quando você está lidando com fibromialgia e tempo frio. Estudos sobre a conexão entre fibromialgia e clima ainda são um pouco incertos, mas, anedotamente, muitos pacientes sofrem durante os meses mais frios.

Os pesquisadores não encontraram nenhuma ligação direta entre o clima frio e o aumento dos sintomas de fibromialgia, embora tenham descoberto que alguns pacientes são mais sensíveis às mudanças climáticas do que outros.

Muitos profissionais de saúde acreditam que a piora dos sintomas também pode estar relacionada ao fato de que as pessoas são menos ativas durante os meses de inverno. O frio mantém a maioria de nós dentro e longe do exercício, o que leva a uma espécie de descondicionamento físico.

No entanto, os médicos reconhecem que o tempo frio e as quedas na pressão barométrica também podem criar rigidez ou inchaço nas articulações.

Embora não existam evidências científicas definitivas que sugiram uma forte correlação de dor entre a fibromialgia e o inverno, continua sendo um desafio comum para muitos pacientes.

O aumento da dor, fadiga e depressão é um problema real para os 4 milhões de americanos que sofrem dessa condição. Com isso em mente, os médicos continuam pesquisando o assunto e em busca de formas naturais de alívio.

Como gerenciar fibromialgia e tempo frio: 12 dicas

Não podemos parar as mudanças de estação, mas isso não significa que você tem que sofrer durante os meses de inverno.

Aqui estão 12 dicas para ajudá-lo a ficar aquecido e confortável quando você está lutando contra a fibromialgia e sentindo frio.

1. Escolha roupas macias e quentes

Existem escolhas de roupas que você pode fazer para prevenir a dor durante o ano, e o inverno não é exceção. Os portadores de fibromialgia devem procurar roupas macias fáceis de vestir, confortáveis de usar e simples de remover. Esta é a melhor maneira de combater a dor e rigidez que muitas vezes vem com essa condição.

No inverno, recorrem a tecidos ultramacios, como caxemira, lã e flanela. Materiais quentes e macios o manterão confortável em condições frias. Mas não se esqueça de camada! Restaurantes e até prédios de escritórios alegram o calor nesta época do ano. Isso significa que você pode rapidamente se sentir quente enquanto está dentro de casa. As camadas ajudarão você a regular a temperatura do seu corpo enquanto estiver longe de casa.

2. Conte com almofadas de aquecimento

O calor pode relaxar rapidamente os músculos e aliviar a dor nas articulações. Uma almofada de aquecimento elétrica fornecerá vários níveis de calor para que você tenha mais controle sobre a temperatura em todos os momentos. Alguns até incluem recursos de vibração para um elemento de massagem adicional.

Por outro lado, alguns pacientes que lidam com fibromialgia e tempo frio preferem calor úmido. Existem almofadas de aquecimento não elétricas com forros de esponja que você muma e aquece no microondas. Elas vêm em vários tamanhos para serem usadas...

... em qualquer lugar que você precisa de alívio da dor. Há até envoltórios especiais para joelhos e tornozelos, além de luvas e botas.

É importante notar que você só deve aplicar calor por cerca de 20 minutos. Exagerar pode levar à pele seca, bem como descoloração permanente e até queimaduras. Pode ir longe quando se trata de terapia de temperatura.

3. Experimente luvas de compressão

A compressão é uma maneira simples de reduzir o inchaço, melhorar a circulação e mantê-lo aquecido. A maioria das luvas são sem dedos para permitir fácil digitação e manuseio de objetos, o que significa que elas também são ótimas para usar no trabalho.

4. Beba bebidas quentes

É incrível a rapidez com que uma bebida quente pode aquecer você em um dia frio. Do chá ao cacau quente, há muitas bebidas para escolher. Para quem luta contra a fibromialgia, o chá pode até melhorar seus sintomas. Procure chás verdes, pretos, oolong e brancos. Essas variações são embaladas com antioxidantes que podem aliviar a ansiedade e dar um impulso de energia. Lembre-se de manter sua ingestão de cafeína relativamente baixa. Muita cafeína pode fazer você se sentir nervoso e ansioso.

5. Fazer exercício dentro de casa, estúdio e academia

Existem vários benefícios importantes do exercício para a fibromialgia. Desde o aumento dos níveis de serotonina no cérebro até a melhor mobilidade articular, uma rotina de exercícios de baixo impacto pode ter um efeito positivo na sua saúde e humor em geral.

Se você possui uma esteira, esta é a melhor maneira de entrar em uma boa caminhada sem ser exposto aos elementos. O alongamento também vai ajudá-lo a ficar mais flexível e solto. Considere entrar em um estúdio ou academia que ofereça yoga suave ou até mesmo aulas de natação aeróbica. Este tipo de exercício vai mantê-lo em forma durante os meses difíceis de inverno.

Enquanto o exercício interno é melhor do que nenhum exercício, fique de olho na previsão para dias que não são tão frios. Uma caminhada rápida lá fora pode lhe dar uma dose saudável de cardio, bem como um pouco de ar fresco. Esta é uma boa maneira de redefinir se você está lutando com depressão ou mudanças de humor.

6. Tome um banho quente

Assim como uma piscina pode imediatamente esfriar você durante o verão, um banho quente é um método rápido e fácil de aquecimento. Além disso, é uma ótima maneira de descansar e relaxar para minimizar o estresse, a depressão e a ansiedade. Mergulhe por cerca de 20 a 30 minutos para obter os melhores resultados.

Considere aromaterapia se quiser adicionar outro nível de bem-estar e autocuidado a essa rotina. Alguns dos melhores óleos essenciais para dor de fibromialgia incluem hortelã-pimenta, eucalipto e lavanda. Esses perfumes podem ter um efeito imediato em qualquer desconforto que você esteja experimentando.

Se você lutar com sensibilidade a cheiros fortes, experimente sal de Epsom em vez de aromaterapia. Adicione cerca de duas xícaras ao seu banho para aliviar os músculos doloridos e outras dores e tensões.

7. Use botas de inverno confortáveis

Sapatos confortáveis amortecerão seus pés e minimizarão a dor de caminhar ou ficar em pé por longos períodos de tempo. Não importa a estação, é importante que os pacientes com fibromialgia escolham calçados de apoio.

Durante os meses frios de inverno, o calor é outro fator importante. O calor pode escapar através de suas extremidades, e é por isso que você deve sempre manter seus pés aquecidos com botas de inverno confortáveis.

Experimente um par de Uggs ou outros estilos similares para maciez que é muito parecido com usar chinelos. Esses tipos de botas de inverno podem até ser emparelhadas com meias de lã se você planeja estar fora e precisa de uma camada extra de calor.

8. Durma bastante

Dormir é um dos melhores presentes que você pode...

publicidade

...dar ao seu corpo. Embora possa variar de pessoa para pessoa, os médicos recomendam sete a nove horas de sono de qualidade para a maioria dos adultos. Isso pode melhorar seus níveis de dor e ajudá-lo a gerenciar quaisquer sintomas relacionados à depressão ou ansiedade.

Tente começar a enrolar cerca de uma hora antes de planejar ir dormir. Desligue os dispositivos eletrônicos, evite exercícios e mantenha-se em uma hora de dormir consistente. Seja um banho relaxante ou uma simples rotina de lavar o rosto e escovar os dentes, seu ritual noturno ajuda a sinalizar que é hora de descansar.

Embora muitos pacientes que sofrem com fibromialgia achem difícil conseguir dormir de qualidade, é essencial para a sua saúde. Converse com seu médico sobre as opções de tratamento da fibromialgia se você estiver tendo problemas para dormir devido aos seus sintomas.

9. Coma bem

Pode ser difícil comer uma dieta saudável e equilibrada durante as férias. Muitas pessoas recorrem a alimentos cheios de açúcar e carboidratos enquanto ficam presos dentro de casa em dias frios. Além disso, festas de fim de ano são tipicamente conhecidas como um tempo para exagerar.

Resista à tentação e tente comer uma dieta rica em proteínamagra, vegetais e grãos integrais. A fibromialgia já pode fazer você se sentir exausto e desgastado. Uma dieta saudável emparelhada com muita água lhe dará energia. Tente evitar o álcool, que é um depressivo que pode piorar as mudanças de humor e ansiedade.

10. Faça uma massagem

Uma massagem é uma das melhores maneiras de relaxar os músculos tensos e aumentar a circulação. Idealmente, um massagista licenciado sabe quais pontos de pressão melhorarão sua dor e outros sintomas. Você pode se beneficiar de encontrar um profissional especializado em dor crônica e condições semelhantes. Isso vai garantir que você está tratando o problema, não piorando.

Se fazer uma massagem profissional não é uma opção, a automassagem ainda é uma ótima maneira de encontrar alívio. Use uma bola de tênis para áreas de difícil acesso nas costas. Basta colocar a bola entre seu corpo e uma parede e aumentar a pressão para uma massagem mais profunda. Se suas mãos não estão doloridas, use-as para massagear seu pescoço e região do ombro.

11. Veja a luz

A depressão é um dos sintomas mais comuns da fibromialgia. Durante os meses de inverno escuro, sua saúde mental pode ter um impacto adicional.

Um pouco de vitamina D pode ir longe, para casos leves. Faça questão de ter muita luz solar sempre que puder. Pode ser tão simples quanto abrir todas as tonalidades em sua casa durante o dia. Talvez você possa encontrar uma certa hora do dia que é quente o suficiente para permitir por alguns minutos fora.

Se isso não for suficiente, fale com seu médico sobre terapia leve. Há uma gama de produtos que podem ser usados para lhe dar uma dose de qualidade de vitamina D que vai mantê-lo saudável.

12. Encontre um grupo de apoio

A fibromialgia é uma condição única que é difícil de descrever para pessoas de fora. Afinal, a dor é incrivelmente pessoal e afeta cada pessoa de forma diferente. Você pode estar se sentindo como se até mesmo seus familiares e amigos mais próximos simplesmente não entendem. É quando um grupo de suporte pode fornecer a conexão que você precisa. É importante poder conversar com pessoas que sabem o que você está passando.

Não tem certeza se está pronto para um grupo de apoio que se reúne pessoalmente? Em vez disso, junte-se a uma comunidade online. Se você está vivendo com fibromialgia ou alguém próximo a você é, você vai encontrar um quadro de discussão para a sua situação específica ou preocupação.

Finalmente, grupo de apoio no facebook é um ótimo lugar para encontrar outros pacientes que estão sofrendo de dor crônica.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade