Crianças alérgicas ao leite

Crianças alérgicas ao leite

Alergia ao leite é a alergia alimentar mais comum entre crianças.

As crianças que são alérgicas ao leite podem ser capazes de rapidamente desenvolver tolerância através do medicamento para alergia Xolair, com um aumento gradual em sua exposição ao leite, conhecido como sensibilização, sugere um novo estudo.

Estima-se que 3 milhões de crianças nos Estados Unidos são alérgicas a algum tipo de alimento. Alergia ao leite é a alergia alimentar mais comum entre crianças, afetando cerca de 2,% daqueles com idade inferior a 3.

O tratamento baseado na sensibilização - a exposição de crianças em quantidades pequenas, mas progressivamente maiores da substância alimentar a que é alérgico, é muitas vezes bem sucedido. Mas é geralmente um processo lento que corre o risco de provocar reações alérgicas.

Buscando um método mais rápido e seguro, pesquisadores testatam uma abordagem dupla - sensibilização junto com Xolair (omalizumabe), uma mekdicação que bloqueia a ação da IgE, uma substância natural do organismo que provoca reações alérgicas - em um pequeno grupo de crianças.

Os pesquisadores observam que as pesquisas apresentadas em encontros da área de Alergias devem ser considerados preliminares, porque não foi submetido a um estudo rigoroso dada as pesquisas publicadas em revistas médicas.

Tratamento de Alergias ao Leite...

publicidade ;)

... pode mudar de estilo de vida de uma criança para o melhor, segundo Dr. Dale Umetsu, professor de pediatria na Harvard Medical School e do Hospital Infantil, disse em uma liberação da notícia da universidade de Stanford School of Medicina, que também participou da pesquisa.

"Essas crianças tinham alergia significativa ao leite, e era improvável que superá-la sem algum tipo de tratamento."

"Embora reconheçamos que são necessários maiores estudos, estes resultados são muito promissores e sugerem que um método rápido e seguro em tratar a sensibilidade alérgica de alimentos e podem estar disponíveis para os pacientes em um futuro próximo", disse Umetsu.

Para o estudo, as crianças receberam pela primeira vez injeções de Xolair. Durante as próximas sete a 10 semanas, eles foram expostos a quantidades crescentes de exposição ao leite, continuando o tratamento com a droga. Em seguida, a medicação foi interrompida, mas a dessensibilização - na forma de beber cerca de dois gramas de leite por dia - continuou por mais oito semanas.

Os pesquisadores observaram que todas as crianças que completaram o processo de tratamento completo, que eles atribuem à adição de uma medicação de alergia ao esquema de dessensibilização....

publicidade ;)

... A droga age como um "cobertor de proteção," segudo Dr. Kari Nadeau, professor alergista pediatra na Universidade de Stanford. "Sem esse tratamento, 10 a 20% das pessoas que começam a cair imunoterapia oral, em parte devido ao intolerável reações alérgicas no início do tratamento", disse ele.

No final do tratamento, 9 das 11 crianças pode consumir até 12 gramas de produtos lácteos por dia, com pouca ou nenhuma dificuldade, segundo o estudo.

"Quando você tenta fazer uma dieta que está completamente livre de leite, é muito difícil, porque muitos alimentos têm um pouco de proteína do leite em si", observou Nadeau. "Do ponto de vista prático, este tratamento permitiu a estes pacientes a aumentar todos os tipos de produtos lácteos na sua dieta: Eles eram capazes de comer iogurte, queijo, pão, bolo. Um paciente em nosso estudo, disse: "Finalmente posso comer biscoitos."

"O problema é que, até agora Xolair não foi aprovado para menores de 12 anos", observou.

"Mas imunologicamente, faz sentido. E, este método pode promover um processo de dessensibilização de alimentos seguros, que por vezes pode implicar risco. Então qualquer coisa que possa torná-lo um processo mais seguro seria muito bem-vindos."

Saiba mais sobre Crianças alérgicas ao leite

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo: "Crianças alérgicas ao leite" e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.