Dor abdominal causada por estresse

Dor abdominal causada por estresse

As pessoas podem relacionar a dor abdominal e estresse como questões separadas, mas as duas geralmente se relacionam umas com as outras por meios emocionais e físicos.

publicidade
publicidade
Sintomas e Doenças

Dor abdominal e estresse

As pessoas podem relacionar a dor abdominal e estresse como questões separadas, mas as duas geralmente se relacionam umas com as outras por meios emocionais e físicos.

A ansiedade produzida pelo estresse pode interferir no sistema nervoso do corpo e interromper o funcionamento do estômago e dos intestinos. Algumas pessoas podem até perceber que sofrem de problemas estomacais quando passam por períodos difíceis de estresse.

Função do sistema nervoso intestinal

O sistema nervoso intestinal trabalha com neurônios semelhantes aos produtos químicos do cérebro encontrados no sistema nervoso central. Quando o alimento entra no trato digestivo, os neurônios sinalizam às células musculares para se contraírem e continuarem o processo digestivo.

As células nervosas do trato digestivo e do sistema nervoso central interagem à medida que o alimento se decompõe em nutrientes e resíduos.

Efeitos do estresse e dor abdominal

O estresse pode interferir no processo digestivo à medida que as pessoas reagem à resposta de luta ou fuga, a reação que leva as pessoas a fugir ou enfrentar um incidente estressante.

A digestão diminui ou pára quando...

publicidade ;)

... o corpo concentra sua energia em reagir ao estresse. Falar em público, fazer um exame, participar de uma reunião importante ou outros eventos estressantes pode atrapalhar o processo digestivo de algumas pessoas, levando a distúrbios gastrointestinais ou dor abdominal.

Um efeito oposto pode resultar em problemas gastrointestinais causando ansiedade e estresse. Um ciclo de dor e estresse abdominal pode agravar problemas para pessoas que passam por um estresse prolongado.

Sintomas do estresse e ansiedade que causa dor abdominal

Sintomas físicos comuns relacionados ao estresse e ansiedade incluem distúrbios gastrointestinais, como síndrome do intestino irritável e doença inflamatória intestinal.

Ansiedade e depressão podem resultar em problemas nos intestinos ou no cólon, devido à conexão entre o trato digestivo e o sistema nervoso, levando a dor ou cólicas abdominais, inchaço, constipação e diarréia.

Crianças e adolescentes podem experimentar dores abdominais frequentes e outros problemas estomacais devido a estresse e ansiedade. Os pais que se tornam excessivamente preocupados com a dor do seu filho podem reforçar o problema, porque a criança também fica mais ansiosa ou preocupada. Prestar mais atenção...

publicidade

...à escola da criança ou a outras atividades pode eventualmente reduzir a dor abdominal.

Aconselhamento para ajudar a aliviar o estresse e ansiedade

Várias terapias ajudam a tratar pessoas com estresse e podem eventualmente aliviar problemas abdominais. Pessoas com ansiedade crônica causada pelo estresse podem se beneficiar da psicoterapia.

Os terapeutas ajudam os pacientes a reajustar o pensamento e o comportamento negativo, para que eles se concentrem mais em pensamentos e ações positivos. Isso ajuda as pessoas a entender as razões de sua ansiedade para superá-lo e aliviar os sintomas físicos.

Relaxamento

Terapia de relaxamento desempenha um papel importante na redução do estresse e problemas abdominais. Os exercícios incluem relaxamento muscular progressivo no qual as pessoas tensionam um músculo ou grupo de músculos por vários segundos antes de liberar a tensão e continuar com grupos musculares por todo o corpo.

A visualização ajuda as pessoas a imaginar lugares ou pensamentos pacíficos para produzir efeitos calmantes. Os métodos de relaxamento fornecem uma liberação emocional do estresse. Hipnose, massagem ou apenas ouvir música podem ajudar a aliviar o estresse.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.