EMDR - Eye Movement Desensitization and Reprocessing

EMDR - Eye Movement Desensitization and Reprocessing

EMDR: sigla de Eye Movement Desensitization and Reprocessing (Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares).

publicidade

1. O que é EMDR? Onde surgiu essa técnica?

EMDR: sigla de Eye Movement Desensitization and Reprocessing (Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares).

É um método psicoterápico que, embora seja mais conhecido pelos movimentos oculares que lhe deram o nome, é abordado como um sistema integrativo de processamento de informações. Além dos movimentos oculares, temos outros componentes do método, tais como os estímulos táteis e os estímulos auditivos.

A maior parte das psicopatologias se baseia em experiências disfuncionais remotas da vida.

O tratamento pelo EMDR dessensibiliza esse conteúdo disfuncional, transformando-o em algo útil à pessoa que se submete a sessões de EMDR. Neste processo, o sistema inato de processamento de informações do cliente é acionado, em prol de uma resolução saudável da situação perturbadora.

O processamento das memórias traumáticas por meio do EMDR, possibilita que os afetos e cognições presentes, mais positivos e fortalecedores, se difundam pelas memórias associadas, permitindo que o cliente tenha comportamentos espontâneos mais adequados.

Os relatos de trabalhos clínicos mostram que o sofrimento pode ser transformado em vida saudável.

O refinamento contínuo dos princípios, protocolos e procedimentos que constituem o EMDR, veio a defini-lo como uma metodologia para uma nova abordagem em psicoterapia.

Com início na década de 80, essa técnica foi descoberta, estudada, testada e trabalhada pela Dra....

publicidade

... Francine Shapiro, nos Estados Unidos. É essa descoberta seguiu-se o desenvolvimento de uma metodologia que cresceu rapidamente em complexidade e aplicabilidade.

2. Como funciona uma sessão de EMDR? É indicado para todas as idades?

O cliente deve receber informações apropriadas, com o propósito de que seu consentimento seja o de alguém informado.

Antes de tentar qualquer trabalho de EMDR com um cliente, o psicólogo deve: estabelecer um relacionamento terapêutico apropriado; levantar o histórico completo deste cliente; identificar os diferentes aspectos do trauma que estão lhe perturbando; quais pensamentos e crenças negativas o cliente tem a respeito de si mesmo; quais as emoções negativas e, por outro lado, exatamente como este cliente preferiria sentir-se a respeito da situação perturbadora.

Depois que houver trabalhado a situação traumática usando os Movimentos Bilaterais, com foco em respostas internas específicas, o cliente é capaz de relembrar do trauma sem ter sentimentos negativos. Ele sente-se fortalecido e, além dessa mudança em seus pensamentos e crenças, o cliente deixa de ter imagens intrusivas do trauma.

O EMDR pode ser usado para qualquer idade. É possível trabalharmos inclusive com crianças, que respondem muito bem e rapidamente ao procedimento.

3. Quais os principais tratamentos que podem ser feitos com essa inovação terapêutica?

A somatização das informações disfuncionais podem ser variadas, tais como...

publicidade

...ansiedade; crise de pânico; insônia; hipersonia; medos; depressão, crise de choro sem motivo aparente; dificuldades de aprendizagem; transtornos alimentares; irritabilidade; problemas respiratórios, gástricos, cardíacos; hipertensão...

O alvo terapêutico é a memória perturbadora conforme se encontra presentemente armazenada, pois foi a informação disfuncional que criou o campo fértil para a patologia atual.

Os resultados bem sucedidos do EMDR com vítimas de traumas levaram à sua aplicação numa ampla gama de transtornos. O Modelo de Processamento Acelerado de Informações prevê que a maioria dos tipos de experiências perturbadoras de vida pode ser tratada com sucesso, independentemente de sua origem.

4. Qual a duração do tratamento? Pode existir variação entre pacientes?

A psicoterapia tradicional tem sido dependente do tempo, porque utiliza procedimentos verbais para modificar informações que se encontram disfuncionalmente aprisionadas no sistema nervoso.

No Modelo de Processamento Acelerado de Informações, a cura da disfunção psicológica é vista como "independente do tempo", porque efeitos rápidos do tratamento podem ser observados quando o EMDR é aplicado, independentemente do número de eventos perturbadores, não importando há quanto tempo tais eventos se deram.

O tratamento por EMDR consiste de oito fases essenciais. O número de sessões dedicadas a cada fase, bem como o número de fases incluídas em cada sessão, varia muito de cliente para cliente.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.