Erosão Dentária: Causas através de Bebidas e Alimentos Ácidos
Autor: Dr. Pedro Lemos

Erosão Dentária: Causas através de Bebidas e Alimentos Ácidos

A erosão dentária é outra doença que, além da cárie, compromete a saúde bucal. Bebidas e Alimentos Ácidos podem ser a causa da erosão..

publicidade

O que é Erosão Dentária?

A erosão dentária é outra doença que, além da cárie, compromete a saúde bucal. No entanto, até pouco tempo atrás essa alteração não havia despertado o interesse dos clínicos e pesquisadores.

A erosão dentária é um processo progressivo e destrutivo, caracterizado pela perda do tecido duro dos dentes, por ação de ácidos contidos em bebidas e/ou alimentos ou ainda provenientes do próprio organismo.

Resulta na destruição do dente, independentemente da presença de bactérias, podendo causar alterações estéticas e funcionais ou até mesmo dor.

De que maneira a Erosão Dentária pode acontecer?

A ingestão de produtos altamente ácidos, tais como refrigerantes, bebidas energéticas e sucos de frutas naturais ou industrializados, é a causa mais frequente da erosão dentária. Por isso, pode-se dizer que erosão dentária é o problema de saúde bucal da sociedade moderna, decorrente de seus hábitos alimentares.

Saliente-se que a erosão é resultado do contato freqüente do ácido de alimentos e/ou bebidas com a superfície dentária. Assim, para a erosão dentária ocorrer e evoluir, a freqüência de ingestão de produtos ácidos é mais importante do que a sua quantidade. Colocar até mesmo frutas ácidas no cardápio de forma freqüente também não é recomendável.

Qualquer pessoa pode ter Erosão Dentária?

A erosão é comum em crianças e adolescentes, podendo acometer adultos. Nas crianças, a erosão surge após a administração freqüente de refrigerantes e/ou sucos de frutas naturais ou industrializados, através da mamadeira (que aumenta o tempo de contato da bebida com...

publicidade

... o dente) e/ou copo.

Nos adolescentes, é resultado da ingestão excessiva de refrigerantes ou bebidas energéticas que, na maioria das vezes, são utilizados para substituir água, com o objetivo de diminuir a sede.

Além disso, esportistas que ingerem excesso de bebidas energéticas (isotônicas) para repor água e eletrólitos perdidos durante as atividades esportivas podem apresentar erosão dentária. É importante ressaltar que essas bebidas, tanto sob a forma normal, diet ou light são altamente ácidas e podem causar erosão dentária.

Além dos indivíduos que têm ingestão inadequada de alimentos e bebidas ácidas, outros grupos apresentam alto risco de desenvolvimento da erosão.

Trabalhadores que manuseiam produtos ácidos podem apresentar erosão, pois eles inalam a substância que está no ar. E pessoas que vomitam freqüentemente também podem apresentar dentes com erosão, pois o suco gástrico que volta para a boca é muito ácido. Desta forma, atenção especial deve ser dada ao refluxo gastroesofágico e à anorexia e bulimia nervosas.

Quais as precauções para evitar a Erosão Dentária?

Como a erosão é causada principalmente pelo contato direto de bebidas ou alimentos ácidos com o dente, a melhor forma de preveni-la é evitar o uso frequente desses produtos e procurar ingeri-los fazendo uso de "canudinho". Outro recurso seria a ingestão de produtos ácidos, juntamente com a ingestão de alimentos ricos em cálcio, como o queijo, para neutralizar a acidez. Também é importante encaminhar ao médico os indivíduos que apresentam vômitos frequentes, para solucionar o problema.

O que se preconisa...

publicidade

...hoje é retardar a higienização bucal por pelo menos uma hora após a alimentação pois a atividade da flora bacteriana e das enzimas presentes na saliva está elevada no momento imediato a ingestão desses alimentos. Portanto use o fio dental e a escova dentária apenas 1 hora após a alimentação. Prefira também ingerir alimentos doces após o almoço (sobremesa) e nunca entre as refeições.

Existe tratamento para Erosão Dentária?

O diagnóstico precoce acompanhado do aconselhamento da dieta e o monitoramento ajudam a tratar de forma bem sucedida e prevenir a progressão da erosão dentária. O tratamento restaurador é difícil, oneroso e requer contínuo acompanhamento. Assim, o controle racional do consumo de alimentos com altos índices ácidos será essencial desde a infância.

Portanto a prevenção é um imperativo no combate à erosão ácida dentária, a prevenção deve começar desde cedo com a ida rotineira ao consultório odontológico evitando este e outros males ao qual estamos sujeitos.

Se a erosão dentária apresentar quadros de sensibilidade dentinária há tratamentos complementares indicados: bochechos específicos, aplicações de selantes ou vernizes nas superfícies dos dentes, sessões de aplicações de laser terapêutico no colo dos dentes sensíveis.

Thais Marchini Oliveira
Doutoranda em Odontologia, Área de Odontopediatria, pela Faculdade de Odontologia de Bauru/ USP.

Daniela Rios
Professora Doutora do Departamento de Odontopediatria do Centro Universitário de Maringá Cesumar.

Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado
Professora Associada do Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva da Faculdade de Odontologia de Bauru/USP.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade