Estresse e sua saúde

Estresse e sua saúde

Comer demais, fumar, beber e não se exercitar, que muitas vezes são reações ao estresse, pode aumentar os efeitos negativos do estresse sobre a saúde.

publicidade

O que é estresse?

De um modo geral, estresse significa pressão ou tensão. A vida constantemente nos sujeita a pressões. Nas pessoas, o estresse pode ser físico (como ter doença), emocional (como sentir tristeza) ou psicológico (como estar com medo).

Genes e coisas que acontecem com você no início da vida, mesmo quando no útero, podem afetar o modo como você lida com situações estressantes. Comer demais, fumar, beber e não se exercitar, que muitas vezes são reações ao estresse, pode aumentar os efeitos negativos do estresse sobre a saúde.

Qual é a resposta ao estresse?

A alostase é o processo de como o corpo responde ao estresse, seja ele agudo (curto prazo) ou crônico (longo prazo).

A reação de estresse aguda mais conhecida é a reação de “luta ou fuga” que acontece quando você se sente ameaçado. Nesse caso, a resposta ao estresse faz com que o corpo libere vários hormônios do estresse, como o cortisol e a adrenalina (também conhecida como epinefrina), na corrente sanguínea. Esses hormônios aumentam sua concentração, capacidade de reação e força. Além disso, o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea aumentam, e o sistema imunológico e a memória ficam mais nítidos. Depois de ter lidado com o estresse de curto prazo, seu corpo volta ao normal.

Estresse crônico ou estresse a longo prazo, no entanto, representa um problema. Se você freqüentemente enfrenta desafios, seu corpo está...

publicidade

... constantemente produzindo níveis mais altos de hormônios do estresse e não tem tempo para se recuperar. Esses hormônios ao longo do tempo podem causar sérios problemas de saúde.

Como o estresse crônico afeta sua saúde?

As mudanças corporais que acontecem durante momentos de estresse podem ser muito úteis quando acontecem por um curto período de tempo. Mas quando isso acontece por um longo período de tempo, produzir muitos hormônios do estresse pode afetar sua saúde. Problemas de saúde podem incluir:

  • Sistema Digestivo: dores de estômago, devido a um abrandamento na taxa que o estômago esvazia depois de comer; também diarreia devido a mais atividade no cólon.
  • Obesidade: aumento do apetite, o que pode levar ao ganho de peso. Estar acima do peso ou obeso coloca você em risco de diabetes e doenças cardiovasculares.
  • Sistema imunológico: enfraquecimento do sistema imunológico para que você tenha mais probabilidade de ter resfriados ou outros infecções.
  • Sistema nervoso: ansiedade, depressão, perda de sono e falta de interesse em atividade física. A memória e a tomada de decisões também podem ser afetadas.
  • Sistema cardiovascular: Aumento da pressão arterial, freqüência cardíaca e o nível de gorduras no sangue (colesterol e triglicerídeos). Além disso, aumentar os níveis de glicose no sangue, especialmente à noite, e o apetite. Todos estes são fatores de risco para doenças cardíacas, aterosclerose (endurecimento das artérias), derrame, obesidade e diabetes.

Como você sabe quando está estressado?

Quando você experimenta...

publicidade

...um estresse de curto prazo, pode sentir-se ansioso, nervoso, distraído, preocupado e pressionado. Se o seu nível de estresse aumentar ou durar por mais tempo, você poderá experimentar outros efeitos físicos ou emocionais:

  • Fadiga, depressão
  • Dor no peito ou pressão, batimento cardíaco rápido
  • Tontura, tremores, dificuldade em respirar
  • Períodos menstruais irregulares, disfunção erétil (impotência), perda de libido (desejo sexual)

Esses sintomas também podem levar à perda de apetite, comer demais e dormir mal, o que pode ter sérios efeitos em sua saúde. Geralmente, os sintomas são menores e podem ser aliviados por meio de habilidades de enfrentamento, como aprender a relaxar, afastar-se por algum tempo das coisas que o estressam e se exercitar. Se os sintomas são graves, no entanto, você pode precisar de ajuda médica para encontrar a fonte de seu estresse e a melhor maneira de gerenciá-lo.

O que você pode fazer para reduzir o estresse?

Você pode tomar medidas práticas para reduzir o estresse. Exercícios regulares e moderados melhoram o processo de pensamento e o humor. Outras estratégias incluem relaxar, ter uma boa noite de sono e buscar apoio emocional da família e dos amigos. Você também pode reduzir os efeitos a longo prazo do estresse crônico comendo uma dieta saudável e com baixo teor de gordura e evitar fumar e beber muito álcool. No entanto, se os seus sintomas continuarem ou piorarem, deve consultar o seu médico.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.