Hepatites e a Biossegurança nos Estúdios de Tatuagem

Hepatites e a Biossegurança nos Estúdios de Tatuagem

Um estúdio de tatuagem pode ser um local perigoso quando falamos em transmissão de hepatite c, veja como de proteger.

publicidade
publicidade
Estilo de Vida

Hepatite C: a epidemia silenciosa

A hepatite é uma inflamação do fígado e, segundo Dra. Eloiza Quintela,hepatologista no Hospital Israelita Albert Einstein, na maioria dos casos a pessoa doente não apresenta sintomas.

O tratamento é realizado com medicamentos específicos e as sequelas vão da cirrose hepática ao câncer de fígado.

Atualmente, cerca de 3% da população mundial pode estar infectada pelo HCV.

Esse número é difícil de ser precisado devido à inespecificidade dos sintomas (já que seus sintomas podem ser confundidos com sintomas de outras doenças) ou até a falta deles. Apenas 15 a 30% das pessoas infectadas pelo vírus da hepatite C se curam espontaneamente, enquanto 70 a 85% ficam com hepatite crônica.

Persistindo a infecção, 1 em cada 5 portadores do HCV evoluem com cirrose. Uma vez com cirrose, cerca de 1% a 4% dos pacientes desenvolvem câncer.

Entretanto, a hepatite C é uma doença de progressão lenta e pode levar cerca de 20 anos para que a cirrose se instale.

O tratamento, quando necessário, vai depender de uma série de fatores. Isso inclui o tipo do vírus HCV (que pode pertencer a dois genótipos: 1 ou não-1), o funcionamento do fígado e o resultado de uma biópsia para estabelecer se a cirrose está ou não em progressão. Quanto à prevenção, ainda não existe uma vacina contra o vírus HCV, mas existem maneiras de se reduzir o risco de contaminação.

O não compartilhamento de seringas ou outros equipamentos perfuro-cortantes entre os usuários de drogas, a prática do sexo seguro através do uso de preservativos nas relações sexuais, o rastreamento adequado de doadores de sangue e programas de informação são essenciais.

O estúdio limpo e a biossegurança

Conjunto de normas e procedimentos considerados seguros e adequados à manutenção da saúde em atividades de risco.

O estúdio limpo e a utilização de máscaras e luvas não são apenas sinais que o estabelecimento respeita as normas da Vigilância Sanitária.

Essas preocupações, vistas a olho nu, são apenas alguns dos procedimentos necessários para evitar doenças contagiosas, como hepatites B e C e o...

publicidade ;)

... HIV.

No entanto, um dos vírus mais transmitidos em decorrência da falta desses cuidados é o HCV, conhecido popularmente como hepatite c. O Ministério da Saúde calcula que 2,6 da população brasileira têm o vírus HCV, ou seja, 4,5 milhões de pessoas.

A Hepatite C atinge oito vezes mais pessoas que a Aids, e para cada portador ciente. Você é o numero 12? A cada 12 pessoas no mundo uma terá hepatite C, alerta a especialista Eloiza Quintela.

Isso acontece porque o vírus foi conhecido apenas em 1989 e, como não apresenta sintomas, muita gente não sabe que tem a doença.

Embora a perfuração do corpo ainda seja um meio pouco comum de transmissão da Hepatite C, é necessário procurar estúdios que sigam fielmente as normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária.

O ambiente onde será executada a tatuagem ou bodypiercing, deve ser semelhante a uma sala de cirurgia, permanente limpo.

Além a manter a higiene de seu local de trabalho, ao iniciar uma tatuagem o tatuador deve escovar as mãos, usar luvas cirúrgicas estéreis e descartáveis, óculos de proteção, vestir um capote, gorro e máscara estéreis ou descartáveis, recomenda a médica .

Não deixe também de verificar, ao procurar um estúdio, se ele tem autorização de funcionamento expedida pela Secretária Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária e se o documento está afixado no local.

Autoclave x Estufas Todos esses cuidados são fundamentais, pois ao contrário do HIV ( Aids), o HCV chega a sobreviver até 72 horas fora do corpo, transformando o estúdio em um local de alta periculosidade, caso não possua condições de higiene.

Essas e outras doenças podem ser transmitidas não só para quem se submete a tatuagem e/ou bodypiercing como também para o profissional, que executa o procedimento.

É possível pegar a doença tendo contato com apenas uma única gota de sangue. Recomenda-se que pessoas que se submeteram a procedimentos de modificação corporal em locais de condições duvidosas realizem o teste Anti HCV.

É possível ficar até 20 anos contaminado e só demonstrar sintomas quando a doença estiver no seu...

publicidade

...estágio mais avançado, desenvolvendo assim outras doenças derivadas do vírus, como cirrose e câncer no fígado.

Ainda não existem vacinas contra a Hepatite C, mas se descoberta a tempo, é possível negativar o vírus com sucesso.

Só através do rigoroso cumprimento dos procedimentos de biossegurança é possível evitar os perigos da contaminação presentes durante o processo de tatuar ou de perfurar.

Como por exemplo, a contaminação cruzada, que ocorre quando o tatuador, pega com a luva suja de sangue o tubo de tinta que está usando.

Esse simples toque pode deixar um foco de contaminação para o próximo cliente porque o vírus da Hepatite C, em contato com o ar, sobrevive até 72 horas.

Portanto não esqueça, o procedimento exige que a luva seja trocada toda vez que o tatuador ou o body piercer precisar manipular algum objeto ou instrumento, depois de iniciado o trabalho de tatuagem ou de perfuração.

Hoje em dia, ter uma AUTOCLAVE (aparelho de esterilização hospitalar) é fundamental para qualquer profissão de atividade de risco (dentistas, manicures, podólogo, tatuadores, piercers, etc.). Mas não adianta nada ter a autoclave se o profissional não monitora esse aparelho de esterilização.

Todos profissionais de cada atividade de risco que oferecem esterilização por autoclave, devem no mínimo a cada 30 dias realizar o teste biológico da autoclave, além do teste químico a cada ciclo de esterilização, dessa forma temos absoluta certeza que a autoclave esta esterilizada corretamente.

Atualmente e infelizmente a grande maioria desses profissionais de atividades de risco não fazem o teste biológico!

Hoje a estimativa é de dez milhões de brasileiros infectados pelo vírus da hepatite C.

Aparelhos de esterilização como a ESTUFA são obsoletos, se recuse a submeter-se a esse tipo de esterilização.

Previna-se! As pessoas que procuram tatuagem e piercing, hoje em dia para sua segurança total é fundamental procurar pelos estúdios credenciados pelo Sindicato das Empresas de Tatuagem e Body Piercing.

Todos os profissionais dos estúdios credenciados tem o certificado de treinamento de biossegurança, e seguem as normas e o protocolo de biossegurança, esterilização e controle de infecção.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo: "Hepatites e a Biossegurança nos Estúdios de Tatuagem" e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.