Hipertensão em crianças | Hipertensão arterial na infância

Hipertensão em crianças | Hipertensão arterial na infância

Hipertensão em crianças pode se desenvolver também pelas mesmas razões que ocorre em adultos, excesso de peso, uma dieta pobre e não se exercitar.

publicidade
publicidade
Sintomas e Doenças

A hipertensão arterial em crianças e adolescentes é um problema crescente de saúde que é freqüentemente negligenciado pelos médicos. Valores normais de pressão arterial para crianças e adolescentes são baseados em idade, sexo e altura, e estão disponíveis em tabelas padronizadas.

A pré-hipertensão é definida como uma pressão arterial em pelo menos 90º percentil, mas menor que o percentil 95, para idade, sexo e altura, ou uma medida de 120/80 mm Hg ou maior. Hipertensão é definida como pressão arterial no percentil 95 ou maior.

Uma etiologia secundária da hipertensão é muito mais provável em crianças do que em adultos, sendo a doença parenquimatosa renal e a doença renovascular as mais comuns. Excesso de peso e a obesidade está fortemente correlacionada com a hipertensão primária em crianças.

Uma história e exame físico são necessários para todas as crianças com hipertensão recém-diagnosticada para ajudar a descartar distúrbios médicos subjacentes.

Crianças com hipertensão também devem ser rastreadas para outros fatores de risco para doenças cardiovasculares, incluindo diabetes mellitus e hiperlipidemia, e devem ser avaliadas para danos em órgãos-alvo com um exame de retina e ecocardiograma.

Hipertensão em crianças é tratada com mudanças de estilo de vida, incluindo perda de peso para aqueles que estão acima do peso ou obesos; uma dieta saudável e com baixo teor de sódio; atividade física regular; e evitar tabaco e álcool.

Crianças com hipertensão sintomática, hipertensão secundária, dano a órgãos-alvo, diabetes ou hipertensão persistente, apesar das medidas não farmacológicas, devem ser tratados com medicamentos anti-hipertensivos.

Os diuréticos tiazídicos, os inibidores da enzima conversora da angiotensina, os bloqueadores dos receptores da angiotensina II, os betabloqueadores e os bloqueadores dos canais de cálcio são seguros, eficazes e bem tolerados em crianças.

Hipertensão em crianças menores de 10 anos de idade é geralmente causada por outra condição médica.

Hipertensão em crianças...

publicidade ;)

... pode se desenvolver também pelas mesmas razões que ocorre em adultos, excesso de peso, uma dieta pobre e não se exercitar.

Mudanças de estilo de vida, como comer uma dieta saudável e exercitar mais, podem ajudar a reduzir a hipertensão em crianças. Mas, para algumas crianças, medicamentos podem ser necessários. Hipertensão em crianças geralmente não causa sintomas.

Sintomas

A hipertensão arterial em crianças geralmente não causa sintomas.

Quando consultar um médico para hipertensão em crianças

Hipertensão Arterial Crianças

A menos que seu filho tenha um problema de saúde subjacente, você provavelmente não precisará fazer uma visita especial ao médico do seu filho para verificar a pressão arterial.

No entanto, pressão de sangue do seu filho deve ser verificada como parte de uma rotina na consulta médica, começando quando a criança tem 03 anos.

Se a criança tem uma condição que pode aumentar o risco de hipertensão arterial, incluindo parto prematuro, baixo peso ao nascer, cardiopatia congênita e certos problemas renais, verificar de pressão arterial pode começar na infância.

Se você estiver preocupado com seu filho em ter um fator de risco para hipertensão arterial, como a obesidade, converse com o médico do seu filho. Ele ou ela pode recomendar verificações mais frequentes de pressão arterial.

Causas

A hipertensão arterial em crianças mais novas é freqüentemente relacionada a outras condições de saúde, como defeitos cardíacos, doenças renais, condições genéticas ou distúrbios hormonais. Em crianças mais velhas, especialmente aquelas com excesso de peso, a causa precisa da pressão alta é muitas vezes desconhecida.

Fatores de risco

Os fatores de risco do seu filho para pressão alta dependem de condições de saúde subjacentes, fatores genéticos ou de estilo de vida.

Hipertensão primária (essencial)

A hipertensão essencial é a hipertensão arterial que ocorre sozinha, sem uma condição subjacente. Este tipo de pressão arterial elevada ocorre mais frequentemente em crianças...

publicidade

...mais velhas, geralmente com 6 anos ou mais.

Os fatores de risco para o desenvolvimento de hipertensão essencial incluem:

  • Estar acima do peso ou obeso (um índice de massa corporal acima de 25)
  • História familiar de hipertensão arterial
  • Diabetes tipo 2 ou alto nível de açúcar no sangue em jejum
  • Colesterol alto e triglicerídeos

Hipertensão secundária

A hipertensão secundária é a hipertensão arterial causada por uma condição de saúde subjacente. Este é o tipo de pressão alta que é mais comum em crianças pequenas.

Outras causas de alta pressão arterial incluem:

  • Doença renal crônica
  • Doença renal policística
  • Problemas cardíacos, como coarctação da aorta
  • Distúrbios adrenais
  • Hipertireoidismo
  • Feocromocitoma, um tumor raro na glândula adrenal
  • Estreitamento da artéria ao rim (estenose da artéria renal)
  • Distúrbios do sono, especialmente apneia obstrutiva do sono
  • Certos medicamentos, tais como descongestionantes, contraceptivos orais e esteróides

Complicações

As crianças que têm pressão alta provavelmente continuarão com pressão alta quando adultos, a menos que iniciem o tratamento.

Uma complicação comum associada à pressão alta em crianças é a apneia do sono, uma condição em que seu filho pode roncar ou ter uma respiração anormal quando dorme. Preste atenção aos problemas respiratórios que seu filho pode ter enquanto dorme. As crianças que têm distúrbios respiratórios do sono, como a apneia do sono, geralmente têm problemas com a pressão alta - particularmente crianças com excesso de peso.

Se acontecer frequentemente, a pressão alta do seu filho persistir até a idade adulta, seu filho pode estar em risco de:

  • Acidente vascular encefálico
  • Ataque cardíaco
  • Insuficiência cardíaca
  • Doença renal

Prevenção

A hipertensão arterial causada por outra condição pode às vezes ser controlada, ou até mesmo evitada, pelo gerenciamento eficaz da condição subjacente. A hipertensão arterial pode ser prevenida em crianças, fazendo as mesmas mudanças no estilo de vida que podem ajudar a tratar, como controlar o peso do seu filho, fornecer uma dieta saudável e incentivar o seu filho a se exercitar.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.