A maionese é boa ou ruim para você?

A maionese é boa ou ruim para você?

Qual é a verdade sobre a maionese? É tão ruim assim? A verdade é que depende. E, com cuidado seleção, preparação e uso moderado, maionese pode ser uma adição útil para uma dieta baixa em carboidratos.

publicidade

Os americanos parecem ter uma relação de amor e ódio com maionese. É o condimento mais vendido na América do Norte, e é encontrado em muitos alimentos americanos populares, desde sanduíches e salada de atum a ovos cozidos e molho tártaro. Mas a maionese parece ter adquirido uma má reputação.

Alguns médicos especialistas afirmam que a maionese não é saudável. Por exemplo, é fácil adicionar calorias e gordura rapidamente quando você não está prestando atenção ao tamanho das porções. Outros se preocupam que a maionese deixada de fora possa ser um foco de bactérias. Alguns não têm problema com maionese, exceto pela sua textura.

Qual é a verdade sobre a maionese? É tão ruim assim? A verdade é que "depende". E, com cuidado seleção, preparação e uso moderado, maionese pode ser uma adição útil para uma dieta baixa em carboidratos.

Existem receitas de maionese caseira, e tem receitas que incluem maionese em seus planos de refeição sugeridos. Pode ser usado, mas a moderação é sempre a chave.

O que é maionese?

A maionese é uma substância mágica. A beleza da maionese é como dois líquidos se juntam para criar uma forma viscosa e sólida. Maionese é quase todo óleo, combinado com um pouco de gema de ovo, um pouco de um líquido ácido, como suco de limão ou vinagre, e muitas vezes um toque de mostarda.

É uma emulsão espessa, cremosa e estável. A emulsão é a parte mágica. A maionese é feita em uma substância sólida por causa da emulsificação, que é o processo de combinar duas substâncias que, de outra forma, tenderiam a...

publicidade

... não se misturar, como óleo e água.

A ciência por trás da mágica

Para que a emulsificação aconteça, há um emulsificante, neste caso, gema de ovo, para reunir o componente hidrofílico (amante da água) e o componente lipofílico (amante do óleo). O emulsionante liga o suco de limão ou o vinagre com o óleo e não permite a separação, produzindo uma emulsão estável. Na maionese caseira, os emulsionantes são principalmente a lecitina da gema de ovo e uma substância similar na mostarda. Marcas comerciais de maionese podem, às vezes, usar outros tipos de emulsificantes e estabilizadores.

O que há de tão ruim nisso?

A maior queixa sobre maionese geralmente se resume a uma coisa que é cheia de gordura. Embora seja verdade que é quase inteiramente feito de gordura, não é feito de gordura saturada, uma vez que é feito de óleo líquido.

A outra queixa comum é o número de calorias que a maionese tem: 100 calorias por colher de sopa. No entanto, os mesmos escritores de saúde que se queixam das calorias da maionese também recomendam o azeite de oliva como uma alternativa saudável. Azeite de oliva também tem tanta gordura quanto maionese regular e ainda mais calorias: 124 calorias por colher de sopa.

O óleo é importante

A boa notícia é que quase qualquer óleo comestível pode ser usado para fazer maionese, então o óleo em si é o maior fator na saúde da receita.

Nos Estados Unidos, a maionese mais comercial é feita com óleo de soja, o que alguns especialistas acham que é problemático devido aos altos níveis de gorduras ômega-6. A...

publicidade

...maionese comercial mais vendida nos EUA é a marca Hellmans no leste e a Best Foods no oeste. Essas empresas vendem maionese de óleo de soja nos EUA e óleo de canola no Canadá.

O óleo de canola tem muito menos gorduras ômega-6 do que o óleo de soja. Se você mesmo fizer a maionese, poderá usar qualquer tipo de óleo que desejar, inclusive azeite de oliva.

E sobre as bactérias?

A preocupação com as bactérias na maionese está principalmente enraizada no fato de que a maionese caseira é geralmente feita com gema de ovo crua. A maionese comercial normalmente não é um problema porque é feita com ovos pasteurizados e é produzida de maneira a mantê-la segura.

Se você acha que a salada de batata fez você ficar doente, provavelmente não foi a maionese que foi a culpada. Todos maionese é ácida, o que também ajuda a manter as bactérias na baía.

A maionese comercial pode realmente ajudar a combater o crescimento bacteriano em alimentos, embora seja recomendado continuar seguindo as diretrizes de segurança alimentar em termos de refrigeração.

Maionese caseira que tem a forma correta de ácido e tem um para duas horas de "tempo de espera" antes que a refrigeração inicial tenha bactérias menos preocupantes. Mas subseqüentemente, deve ser mantida refrigerada.

E quanto a maionese de gordura reduzida?

Quanto menos gordura na maionese, mais ingredientes são adicionados para melhorar a textura e o sabor. Amidos e açúcares são dois ingredientes que são comumente adicionados. Ainda assim, se as calorias são uma preocupação para você, você pode sentir que as compensações valem a pena.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.