Não escovar os dentes pode causar doenças cardíacas
Autor: Dr. Pedro Lemos

Não escovar os dentes pode causar doenças cardíacas

A doença periodontal é uma das infecções crônicas mais comuns e está associada a uma resposta inflamatória sistêmica moderada.

publicidade

Como a saúde bucal e a doença cardíaca estão conectadas 

É cada vez mais comum ouvir que a saúde bucal é vital para a saúde em geral. Mais de 80% dos americanos, por exemplo, estão vivendo com doença periodontal ou gengival, que muitas vezes não é diagnosticada. Isso pode ser porque os dentes do paciente se sentem bem, então ele evita ir ao dentista, e visitas ao médico raramente se concentram na saúde bucal.

De acordo com a Delta Dental, no entanto, há agora evidências de duas ligações específicas entre saúde bucal e doença cardíaca. Primeiro, estudos recentes mostram que, se você tem uma doença gengival em estágio moderado ou avançado, corre um risco maior de ter doenças cardíacas do que alguém com gengivas saudáveis. E segundo, sua saúde bucal pode fornecer aos médicos sinais de alerta para uma série de doenças e condições, incluindo aquelas no coração.

Artigo publicado no British Medical Journal, baseado em dados da pesquisa Scottish Health Survey, mostra que esquecer de escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia pode aumentar em 70% o risco para doenças cardiovasculares.

A pesquisa escocesa, envolvendo 11.869 adultos com idade média de 50 anos, avaliou os hábitos de higiene e as doenças cardíacas nesta população.

O coordenador do estudo, Cesar de Oliveira (pesquisador em epidemiologia e saúde pública da University College London), e...

publicidade

... colaboradores seguiram os pacientes por cerca de oito anos.

Aqueles que não escovavam os dentes pelo menos duas vezes ao dia tendiam a ser homens mais velhos, fumantes e que tinham outros problemas de saúde como diabetes, hipertensão arterial ou obesidade.

Após controle destas variáveis e ajustes no grupo socioeconômico, foi observado que a higiene bucal deficiente está associada ao risco para doenças cardiovasculares.

Outras pesquisas mostraram resultados semelhantes, mas com um percentual mais modesto de aumento do risco. Os pesquisadores acreditam que a inflamação seja um mecanismo envolvido na causa do problema.

A resposta do organismo à inflamação crônica é um fator de risco6 para doença cardíaca. A doença periodontal é uma das infecções crônicas mais comuns e está associada a uma resposta inflamatória sistêmica moderada.

Em outra parte do estudo, os pesquisadores avaliaram amostras sanguíneas de 4.830 participantes para dois marcadores inflamatório (proteína C reativa) e de coagulação (fibrinogênio).

Observou-se forte associação entre a higiene oral deficiente e os altos níveis destes marcadores, sugerindo que a inflamação5 é uma possível causa para a associação entre saúde bucal e cardíaca.

Sintomas e sinais de aviso

De acordo com a Associação Americana de Periodontologia (AAP), você pode ter doença gengival, mesmo que esteja em seus estágios iniciais, se:

  • Suas gengivas estão vermelhas, inchadas e doloridas ao toque.
  • Suas gengivas sangram quando você come, escova ou usa fio dental.
  • Você vê pus...

    publicidade

    ...ou outros sinais de infecção em torno das gengivas e dentes.

  • Suas gengivas parecem estar se afastando dos dentes.
  • Você freqüentemente tem mau hálito ou nota um gosto ruim em sua boca.
  • Alguns dos seus dentes estão soltos, ou sentem como se estivessem se afastando dos outros dentes.

Medidas de Prevenção

Uma boa higiene bucal e exames odontológicos regulares são a melhor maneira de se proteger contra o desenvolvimento de doenças gengivais. Escovar os dentes duas vezes ao dia com uma escova de cerdas macias que se adapta à sua boca confortavelmente, de modo a alcançar adequadamente todas as superfícies dos dentes. Também recomenda que você use um creme dental, que comprovadamente aumenta a saúde da gengiva em quatro semanas. Você também deve usar fio dental diariamente e visitar seu dentista para limpezas profissionais regulares.

Por ser pró-ativo sobre a sua saúde bucal, você pode se proteger de desenvolver uma conexão entre oral saúde e doença cardíaca, e mantenha seu sorriso saudável, limpo e bonito durante toda a sua vida.

Este artigo destina-se a promover a compreensão e o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Não se destina a ser um substituto para aconselhamento profissional, diagnóstico ou tratamento. Procure sempre o conselho do seu dentista ou de outro profissional de saúde qualificado com quaisquer dúvidas que possa ter sobre uma condição médica ou tratamento.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade