O que é Acne (Espinhas)
Autor: Dr. Pedro Lemos

O que é Acne (Espinhas)

Os sintomas de acne variam de pessoa para pessoa, sendo, na maioria da vezes de pequena e média intensidade.

publicidade

O que são as Espinhas?

A acne, popularmente conhecida como espinhas, é uma doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. Devido a isso, as lesões começam a surgir na puberdade, época em que estes hormônios começam a ser produzidos pelo organismo, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos.

A doença não atinge apenas adolescentes, podendo persistir na idade adulta e, até mesmo, surgir nesta fase, quadro mais frequente em mulheres.

As manifestações da doença (cravos e espinhas) ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos).

Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.

Tipos de Acnes

Existem diferentes tipos de Acne sendo a mais comum do tipo que se desenvolve durante a adolescência. A puberdade provoca a liberação de elevados níveis de hormônio de crescimento, principalmente a testosterona.

Os hormônios causam o aparecimento de glândulas na pele, este é o sinal para começar a deixar a pele mais oleosa. A acne começa quando o óleo se mistura com as células mortas e obstrui os poros da pele. As bactérias podem crescer nesta mistura.

E se esse vazamento mistura em tecidos próximos, que provoca inchaço, vermelhidão na pele e pus. Um nome comum para essas protuberâncias é pimples.

Certos medicamentos podem causar a desenvolver desencadear um surto de acne, que este tipo geralmente desaparece quando você parar de tomar o medicamento.

Não é apenas os adolescentes que...

publicidade

... são afetados pela acne.

Às vezes, os recém-nascidos têm acne, porque as mães passam hormônios para eles antes da entrega.

A acne também pode aparecer quando o estresse do parto faz com que o corpo do bebê a liberar hormônios por conta própria.

Crianças e idosos também podem ter acne.

Algumas condições do sistema endócrino, como a síndrome dos ovários policísticos e síndrome de Cushing, pode levar a surtos de acne.

Manifestações clínicas

A doença manifesta-se principalmente na face e no tronco, áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas.

Os sintomas de acne variam de pessoa para pessoa, sendo, na maioria da vezes de pequena e média intensidade. Em alguns casos, o quadro pode tornar-se muito intenso, como a acne conglobata (lesões císticas grandes, inflamatórias, que se intercomunicam por sob a pele) e o acne queloideano (deixa cicatrizes queloideanas após o desaparecimento da inflamação). Apesar de não ter participação na causa da doença, a dieta pode ter influência no curso da acne em algumas pessoas.

Alimentos como chocolate, gorduras animais, amendoim e o leite e seus derivados devem ser evitados pelos pacientes que apresentem acne e percebam agravação dos sintomas após a ingestão dos mesmos. O lado emocional dos pacientes não deve ser menosprezado.

A desfiguração causada pela acne mexe com a auto-estima do adolescente, que passa a evitar o contato social com vergonha de suas lesões e das brincadeiras dos colegas.

Quando necessário, deve ser fornecido suporte psicológico.

Acne em Adultos

Abaixo estão alguns dos fatores de risco para aparecimento ou mesmo surto de espinhas em adultos:

  • Hormônios: Gravidez, alterações durante o ciclo menstrual, menopausa e pílulas anticoncepcionais podem causar flutuações...

    publicidade

    ...nos níveis de hormônio e subseqüentes aparições de acne nas mulheres. Em algumas mulheres, contraceptivos de baixa dose melhoram a acne, em outras eles pioram. Se você possui acne junto com irregularidades menstruais, pode desejar consultar um médico e verificar os níveis de hormônio anormais, que devem ser responsáveis pelos dois.

  • Estresse: Os dermatologistas concordam que os altos níveis de estresse podem afetar os níveis hormonais, que podem acionar as aparições da acne.
  • Cosméticos: Usar maquiagem oleosa pode entupir os poros e causar acne.
  • Exposição ocupacional: Se você é mecânico ou fica perto da fritadeira na loja de fast-food, seu rosto pode ser atacado pelos óleos, que podem causar acne. Vários elementos químicos no local de trabalho também podem causar a acne.
  • Alguns medicamentos: Alguns medicamentos como a Dilantina (utilizado para tratar a epilepsia) e lítio (utilizado para tratar distúrbios bipolares), podem causar a acne.

Tramento para Espinhas

Como acabar com as espinhas

O tratamento da acne deve ser orientado por um médico dermatologista, que é o profissional capacitado para indicar os medicamentos ideais para cada caso.

Não use remédios indicados por pessoas leigas ou que tenham um quadro semelhante ao seu.

Eles podem não ser apropriados ao seu tipo de pele.

A duração do tratamento é longa, geralmente nunca é menor do que seis meses, portanto, paciência. Esclareça suas dúvidas com o dermatologista que o acompanha, ele sempre poderá ajudá-lo.

É importante saber que algumas pessoas apresentam melhoras com certos medicamentos e outras não.

Por isso, pode ser que seu médico precise trocar a sua medicação caso o tratamento inicial não esteja surtindo efeito para o controle da doença.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade