Pré-Parto e Trabalho de Parto | Principais Sintomas
Autor: Dr. Pedro Lemos

Pré-Parto e Trabalho de Parto | Principais Sintomas

É normal o trabalho de parto começar mais cedo como três semanas antes dessa data ou tão tarde como duas semanas após ela.

publicidade

Pré-parto

Cerca de 15 dias antes do parto, a mãe entra num período denominado de pré-parto.

Nesta época, as contrações vão ficando mais intensas e já dificultam até o sono materno.

Em primigestas a mãe pode perceber a diminuição do volume abdominal e pode eliminar um catarro com ou sem sangue pelos genitais.

Estes dois fenômenos são mais perceptíveis na primeira gravidez, e são denominados respectivamente "queda do ventre" e eliminação da "rolha" ou "tampão" mucoso. Aparecem em média 15 dias antes do parto em primigestas, e menos tempo em multíparas.

Sinais de trabalho de parto

Ninguém pode prever com certeza quando o trabalho de parto vai começar, a data de nascimento calculada pelo seu médico lhe dá meramente um ponto de referência.

É normal o trabalho de parto começar mais cedo como três semanas antes dessa data ou tão tarde como duas semanas após ela.

Os seguintes são sinais de que o trabalho não é provavelmente muito longe:

  • Raio. Isto ocorre quando a cabeça do seu bebê cai para baixo em sua pelve na preparação para a entrega. Sua barriga pode oficar mais mais baixa e você pode ter mais facilidade de respirar como seu bebê já não multidões seus pulmões. Você pode igualmente sentir uma necessidade aumentada de urinar, porque seu bebê está pressionando em sua bexiga. Isto pode ocorrer algumas semanas a algumas horas do início do trabalho.
  • Corrimento com mancha de sangue. Uma descarga de mancha tingida ou acastanhada de seu cérvix é o plugue liberado do muco que selou fora do útero da infecção. Isto pode ocorrer dias antes ou no início do trabalho.
  • Diarreia. Fezes frouxas freqüentes podem significar trabalho é iminente.
  • Membranas rompidas. Fluido jorrando ou vazando da vagina significa que as membranas do saco amniótico que cercaram e protegeram seu bebê se romperam. Isto pode ocorrer horas antes do parto começar ou durante o parto. A maioria das mulheres entram em trabalho de parto em 24 horas. Se o trabalho não ocorrer naturalmente durante este período de tempo, os médicos podem induzir o trabalho para prevenir infecções e...

    publicidade

    ... complicações de entrega.

  • Contrações. Embora não seja incomum a experiência periódica, contrações irregulares (espasmos musculares uterinos) como o seu trabalho se aproxima, contrações que ocorrem em intervalos de menos de 10 minutos são geralmente uma indicação de que o trabalho começou.

Trabalho de parto

As cólicas vão ficando cada dia mais freqüentes e mais intensas, até que a mãe começa a apresentar 02 contrações (cólicas) a cada 10 minutos, com duração de aproximadamente 40 segundos cada. Pode ser o início do trabalho de parto. Deite-se do lado esquerdo e observe bem o ritmo e os intervalos entre as contrações. Se, após uns 40 minutos de repouso não tiver melhora destas contrações, ligue para o seu médico ou dirija-se ao hospital onde pretende dar a luz. Não fique afoita. O trabalho de parto em primigesta leva em torno de 14 horas, e em multípara entre 8 e 10 horas. Os "alarmes falsos" são comuns, por isso, não se envergonhe se acontecer com você. São sinais que devem ser avaliados imediatamente pelo médico:

  • Hemorragia genital,
  • Perda de água, principalmente se esverdeada pela vagina,
  • Dor abdominal intensa, dor de estômago ou distúrbios visuais, inchaço abrupto das mãos e rosto,
  • Parada de movimentos fetais por mais de 12 horas,
  • Urina avermelhada ou ardor intenso ao urinar,
  • Febre

Ao chegar no hospital, você será examinada, e em caso de internação seu médico (se particular), será comunicado.

Em geral, você será submetida antes de ir para o quarto, a uma tricotomia (raspagem dos pêlos) e a uma lavagem intestinal.

No quarto, você deve ficar deitada para o lado esquerdo até seu médico chegar, ou até a hora do parto se for fazer com o plantão.

Estágios do trabalho de parto

O trabalho de parto é tipicamente dividido em três estágios:

Fase 1. A primeira etapa do trabalho é dividida em três fases: latente, ativo e transitivo.

A primeira, a fase latente, é a mais longa e menos intensa.

Durante esta fase, as contrações tornam-se mais freqüentes, ajudando seu cérvix a dilatar assim o seu bebê pode passar através do canal do nascimento.

O desconforto nesta fase ainda é...

publicidade

...mínimo. Durante esta fase, o seu cérvix vai começar a dilatar e apagar, ou diluir. Se suas contrações são regulares, você provavelmente será admitida ao hospital durante esta fase e têm freqüentes exames pélvicos para determinar o quanto o colo do útero é dilatado.

Durante a fase ativa, o colo do útero começa a dilatar mais rapidamente.

Você pode sentir dor intensa ou pressão em suas costas ou abdômen durante cada contração. Você pode igualmente sentir o impulso de empurrar ou suportar para baixo, mas seu médico vai pedir que espere até que seu cérvix esteja completamente aberto.

Durante a transição, o colo do útero está totalmente dilatado a 10 centímetros.

As contrações são muito fortes, dolorosas e freqüentes, chegando a cada três a quatro minutos e com duração de 60 a 90 segundos.

Fase 2. A fase 2 começa quando o colo do útero está completamente aberto.

Neste ponto, o seu médico lhe dará o OK para empurrar. Seu empurrão, junto com a força de suas contrações, propelirá seu bebê através do canal do nascimento.

Os fontanelas (pontos macios) na cabeça do seu bebê permitem que caiba através do canal estreito.

Coroas da cabeça do seu bebê quando a parte a mais larga dela alcança a abertura vaginal.

Assim que a cabeça do seu bebê sai, seu médico vai aspirar líquido amniótico, sangue, e muco de seu nariz e boca. Você vai continuar a empurrar para ajudar a entregar os ombros do bebê e do corpo.

Uma vez que seu bebê é entregue, seu médico, ou seu parceiro, se ele pediu para fazer o grampo e cortar o cordão umbilical.

Fase 3. Depois que seu bebê é entregue, você entra na etapa final do trabalho. Neste estágio, você entrega a placenta, o órgão que nutria seu bebê dentro do útero.

Cada mulher e cada trabalho é diferente. A quantidade de tempo gasto em cada fase de entrega irá variar. Se esta é sua primeira gravidez, o parto geralmente dura cerca de 12 a 14 horas.

O processo é geralmente mais curto para gestações subsequentes.

Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade