Pressão alta - Sono ruim pode aumentar o Risco
Autor: Dr. Pedro Lemos

Pressão alta - Sono ruim pode aumentar o Risco

A Pressão Alta (Hipertensão) tem diversos fatores de risco, mas a sua qualidade de sono pode controlar a Pressão Alta. Veja como aqui!

publicidade

O Sono e a Hipertensão

Vários fatores e variáveis podem colocar você em um risco maior de desenvolver pressão alta (hipertensão).

Entender esses fatores de risco pode ajudá-lo a ter mais consciência da probabilidade de desenvolver pressão alta.

Quando condições médicas preexistentes causam pressão alta

Um pequeno número de casos de pressão alta é a hipertensão secundária, pressão alta que é causada por outra condição médica que estava presente primeiro. Exemplos incluem hipertensão induzida pela gravidez, certos defeitos cardíacos e distúrbios renais.

Na maioria das vezes, se a condição que causa a hipertensão pode ser resolvida, a pressão arterial do indivíduo também se normalizará. Para a maioria dos casos, estamos nos referindo a hipertensão primária, hipertensão arterial que não tem causa identificável. A maioria das pessoas com pressão alta tem uma forma de hipertensão primária.

Falta de Sono pode Aumentar Risco de Hipertensão

Homens idosos que passam pouco tempo em sono profundo podem estar em risco de desenvolver Pressão Alta, de acordo com cientistas dos EUA. Um estudo sobre 784 pacientes, na revista Hipertensão, mostrou que aqueles que dormem menos...

publicidade

... profundamente tem um risco de 83% maior do que aqueles que dormem profundamente.

Os pesquisadores dizem que seria de esperar um efeito semelhante nas mulheres. A British Heart Foundation disse que é importante para que todos possam priorizar o sono.

Pressão alta - também conhecida como hipertensão - aumenta o risco de ataque cardíaco, derrame e outros problemas de saúde.

Pesquisadores mediram a "qualidade do sono" de 784 homens com idade acima de 65 anos entre 2007 e 2009. No início nenhum tinha pressão alta - hipertensão, enquanto 243 tinham a doença até o final do estudo.

Os pacientes foram divididos em grupos com base na porcentagem de tempo gasto em sono profundo, ou de ondas lentas, sono. Aqueles no menor grupo - 4% sono profundo - tinham um risco 1,83 vezes maior de pressão alta - hipertensão em comparação com as do grupo maior, que passou de 17% da noite em sono profundo.

"É importante que todos nós tentamos fazer com que o sono seja uma prioridade de 6-8 horas de sono por noite"

A professora Susan Redline...

publicidade

...da Harvard Medical School,disse:

"Nosso estudo mostra pela primeira vez que o sono de má qualidade, refletida por sono de ondas lentas reduzido, coloca os indivíduos em risco significativamente maior de desenvolver pressão alta. "Embora as mulheres não foram incluídas neste estudo, é bem provável que aquelas que têm níveis mais baixos de sono de ondas lentas para qualquer número de razões também podem ter um risco aumentado de desenvolver pressão alta."

O relatório disse que mais estudos seriam necessários para determinar se a melhora do sono pode reduzir o risco.

Natasha Stewart, enfermeira cardíaca sênior da British Heart Foundation, disse:

"Enquanto este estudo sugere uma ligação entre falta de sono e o desenvolvimento de pressão alta, ele só olhou para os homens com idade superior a 65 anos."
"Nós precisamos ver mais pesquisas em outras faixas etárias e envolvendo mulheres para confirmar esta associação em particular."
"No entanto, nós sabemos que em geral o sono é essencial para se manter saudável. É importante que todos nós tentarmos fazer que o sono seja uma prioridade de 6-8 horas por noite."
Sobre o Autor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade