Queimação na Lateral do Pé
Autor: Dr. Pedro Lemos

Queimação na Lateral do Pé

Descubra 6 possíveis causas da sensação de queimação na lateral do pé.

Dor tipo Queimação no pé

Queimação no pé, é uma queixa comum, geralmente como resultado de danos nos nervos do pé ou da perna.

Ela pode se desenvolver devido a uma lesão ou condição médica.

Os sintomas podem ser constantes ou ir e vir, variam em intensidade e ser acompanhado por outras sensações como formigamento ou dormência no pé.

Diagnóstico preciso de dor tipo queimação na lateral do pé é vital para garantir o tratamento adequado é iniciado logo que possível para evitar mais danos.

As causas mais comuns de queimação na lateral dos pés, como ela se apresenta, o que fazer com ela e como ela é tratada.

Causas comuns de queimação no pé

1) Neuropatia periférica 

O que é: Neuropatia periférica é causada por danos nos nervos na perna ou no pé, em qualquer lugar ao longo de seu caminho da coluna vertebral até os pés. É a causa mais comum de dor tipo queimação nos pés.

Causas: Algumas condições médicas como, diabetes, lesão, fraturas, infecções, ou medicação. Em aproximadamente 30% dos casos a causa é desconhecida.

Sintomas: Queimação no pé muitas vezes acompanhada por fraqueza, alterou a sensação, por exemplo, formigamento ou dormência, alterou o equilíbrio e coordenação. Tende a afetar os dois pés ao mesmo tempo. Os sintomas podem vir e ir ou pioram progressivamente

Tratamento: O tratamento irá variar dependendo da causa específica da neuropatia periférica. 

2) Neuroma de Morton

O que é: Espessamento dos tecidos moles em torno de um dos nervos no seu pé.

Causas: Nada que coloca pressão no pé como posição anormal do pé, atividades repetitivas de alto impacto, por exemplo, corrida ou encaixe ruim do pé no calçado estreito,...

... por exemplo, sapatos ou saltos altos.

Sintomas: O sintoma mais clássico é que parece que você está em pé sobre uma pedra. Isto também pode estar associado com dor em queimação no pé na bola do seu pé e dedos do pé e dormência.

Tratamento: Repouso, gelo, anti-inflamatórios, sapatos com amortecimento (de preferência grande e planos), órteses, injeções, cirurgia.

3) Doença Vascular periférica (DVP)

O que é: A obstrução das grandes artérias das extremidades (ou seja, aquelas não em torno do coração ou o cérebro) que limita o fluxo sanguíneo. Também conhecida como doença arterial periférica (DAP).

Causas: Arteriosclerose (espessamento da parede arterial), estenose (estreitamento da artéria) ou um coágulo de sangue. Prevalência aumenta com a idade.

Sintomas: Queimação no pé especialmente quando está andando, fraqueza, cãibra muscular, feridas ou úlceras, mudanças na cor da pele (geralmente azul/roxo), diminuição crescimento de cabelo e unhas. Pode afetar um ou ambos os pés. Os sintomas geralmente pioram com a atividade e melhoram com o descanso.

Tratamento: O tratamento visa controlar os sintomas e impedir a progressão da doença. Geralmente envolve modificar seu estilo de vida tais como exercício regular, parando de fumar e uma dieta saudável, tratamento de condições associadas tais como o diabetes, a medicação e em alguns casos, cirurgias são indicadas.

4) Metatarsalgia

O que é: Irritação e inflamação dos tecidos moles circundantes e ossos do pé.

Causas: Excesso de uso (por exemplo, lmuitas caminhada/corrida), esforço repetitivo, fraqueza de músculos e estanqueidade, calçado apertado, posição de pé anormal, por exemplo, joanetes, fraturas por estresse, gota.

Sintomas: Queimação na bola do pé, mais comumente sob o dedo grande do pé, pior com em pé ou andando. Tende...

publicidade

...a vir gradualmente ao longo do tempo ao invés de repente.

Tratamento: Descanso, gelo, exercícios, órteses, por exemplo, metatarso pads, medicação.

5) Síndrome de pés ardentes

O que é isso: Um estado clínico também conhecida como síndrome de Grierson-Diogo onde há dano às fibras nervosas pequenas do pé.

Causas: Muitas vezes há nenhuma causa clara, mas pode estar ligado com fatores tais como deficiência de vitamina B, diabetes, hipotireoidismo, artrite reumatoide, insuficiência renal e biomecânica do pé anormal. Também pode ter uma ligação genética.

Sintomas: Queimação no pé, geralmente na sola dos pés mas ocasionalmente se espalhando até a parte inferior da perna que é pior à noite. Por vezes acompanhada de formigamento e dormência. Na maioria dos casos, não há nenhuma vermelhidão ou sensibilidade na região afetada. Também pode causar visão de afeto.

Tratamento: Banhos de água fria no pé, suplementos de vitamina B, calçado confortável.

Na maioria dos casos, queimação no pé em algumas situações pode ser um sinal de uma doença grave como um ataque isquémico transitório, derrame ou coágulo de sangue.

Queimação no pé pode se desenvolver de repente deve sempre ser visto como uma emergência médica para descartar essas possíveis causas.

E lembre-se, sempre que tiver alguma nova incidência de dor, deve ser examinado por seu médico.

6) Síndrome do Túnel do Tarso

O que é: Compressão do nervo tibial que atravessa o túnel tarsal (um espaço entre os ossos do pé) no lado interno do pé perto do tornozelo.

Causas: Esporas, tumor, pé inchado, cisto, gânglios.

Sintomas: Queimação na sola do pé, formigamento, dormência no calcanhar e dedos dos pés. Normalmente só afeta um pé.

Tratamento: Descanso, exercícios, remédios, injeções e ocasionalmente cirurgia.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade