Refluxo GastroEsofágico | Alimentos Recomendados e Evitados

Refluxo GastroEsofágico | Alimentos Recomendados e Evitados

Para quem sofre com Refluxo GastroEsofágico é necessário ter um certo controle do que consumir.

publicidade

Dieta e nutrição para doença do refluxo gastro esofágico (DRGE)

O refluxo ácido ocorre quando há refluxo ácido do estômago para o esôfago. Isso acontece comumente, mas pode causar complicações ou sintomas incômodos, como azia.

Uma razão pela qual isso acontece é que o esfíncter esofágico inferior (LES) está enfraquecido ou danificado. Normalmente, o LES fecha para evitar que a comida no estômago suba para o esôfago.

Os alimentos que você come afetam a quantidade de ácido que seu estômago produz. Comer o tipo certo de alimento é fundamental para controlar o refluxo ácido ou a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), uma forma grave e crônica de refluxo ácido.

Amplie o seu conhecimento e veja mais sobre Refluxo GastroEsofágico

O que EVITAR para quem sofre com Refluxo GastroEsofágico

Evitar

  • Café, chocolate, chá (mate, preto e hortelã), refrigerante, menta ou bebidas mentoladas.
  • Álcool e cigarro
  • Frituras e gorduras (abacate e manga)
  • Massas e doces (feitos com farinha de trigo)
  • Frutas ácidas: laranja, limão, tangerina, abacaxi, maracujá
  • Temperos fortes: vinagre, limão, pimenta, pimenta-do-reino, alho, cebola, mostarda, catchup, conservas, embutidos (salsicha, salame, lingüiça)
  • Alimentos indigestos: pepino, tomate, beringela, pimentão, melancia
  • Anti-inflamatórios: corticóides, AAS, aspirina, cataflan, voltaren
  • Comer antes de dormir (esperar duas horas)

Alimentos e refeições gordurosos 

Dois grupos de participantes do estudo receberam refeições de igual volume, proteína e carboidrato. O grupo com uma refeição mais gordurosa experimentou maior acidez...

publicidade

... estomacal e mais refluxo. A limitação de alimentos com alto teor de gordura seria oferecida para reduzir os sintomas do refluxo.

Chocolate

O chocolate não só aumenta a acidez no estômago, mas também pode relaxar o esfíncter (porta) entre o estômago e esôfogo, levando a sintomas de refluxo ácido ainda mais fortes. É uma triste notícia para os amantes de chocolate, mas limitar / evitar chocolate quando você tem DRGE provavelmente ajudará você a se sentir melhor.

Café, chá e cafeína

Tanto o café quanto o chá são ácidos e podem aumentar os sintomas do refluxo. A cafeína também é pensada para contribuir para aumentar o refluxo, no entanto, o efeito real da cafeína pura pode ser limitado.

Cerveja, vinho e álcool

A maioria das bebidas alcoólicas é ácida e o álcool parece aumentar os sintomas do refluxo ácido. Particularmente se consumido em grandes quantidades.

Bebidas carbonatadas e refrigerantes

Com bebidas carbonatadas geralmente sendo ácidas, e sendo capazes de aumentar o "volume" de fluido no estômago, vale a pena "testar" bebidas carbonatadas para ver como elas afetam seu refluxo ácido. Os estudos não são conclusivos se as bebidas carbonatadas pioram o refluxo e podem até melhorar o refluxo.

Cebolas

Em um estudo controlado, os pacientes que já apresentavam refluxo ácido sentiram um aumento significativo nos sintomas de refluxo depois de comer cebolas com um hambúrguer, em comparação àqueles que...

publicidade

...simplesmente comeram um simples hambúrguer. Tente evitar cebolas para ver se seus sintomas de refluxo melhoram.

O que é RECOMENDADO para quem sofre com Refluxo GastroEsofágico

Recomendado

  • Comer devagar e mastigar bem os alimentos
  • Não ficar de jejum mais que quatro horas, alimentando-se, pelo menos, seis vezes ao dia ( a cada 2 horas)
  • Leite sem lactose, 1 a 2 copos ao dia, podendo adicionar frutas, sabor morango, côco, groselha, açucar queimado, canela, mel, cereais, neston, ensure
  • Iogurt activia (pouco), taffmann E
  • Leite de soja, podendo ser com sabor (ades, purity, ...)
  • Chá, exceto: mate, preto e hortelã.
  • Suco de frutas (exceto as cítricas)
  • Frutas: mamão, melão, maçã, pera, morango, banana-maçã, pêssego, ameixa, caju, acerola, goiaba, caqui, etc.
  • Cereais: farelo de trigo, gérmen de trigo, aveia, granola, musli, all bran
  • Pão francês sem miolo, uma fatia de pão integral ou de centeio
  • Torrada, bolacha de água e sal, bolacha de fibras
  • Presunto de peru, frango desfiado, atum na água.
  • Mel e geléia
  • Arroz, feijão
  • Saladas com legumes, verduras, grãos (ervilha, lentilha, milho,...)
  • Temperos: sal, tempero verde, azeite de oliva, shoyo, orégano, ervas finas.
  • Carne magra: na chapa, grelhada, assada ou cozida
  • Gelatina, sagu, frutas cozidas ( em pequena quantidade).
  • Manjar, pudim ( sem farinha), cremes,etc - com leite sem lactose
  • Salada de frutas, podendo acrescentar clara em neve.
  • Elevar a cabeceira da cama com tijolo de 15 cm, ou fazer esse procedimento com travesseiros que possa atingir 15cm diretamente na cama.
publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.