Sensação de peso no braço esquerdo | 7 razões possíveis
Autor: Dr. Pedro Lemos

Sensação de peso no braço esquerdo | 7 razões possíveis

7 Razões para o braço esquerdo se sentir pesado e fraco.

Descanse fácil. Apenas 20% de casos de peso no braço, fraqueza ou dormência no braço esquerdo são causados por ataque cardíaco ou angina. Mas verifique se há outros sintomas.

Os ataques de pânico também podem causar dor e sensação de peso nos braços. Outros motivos incluem má postura, lesões e má circulação sanguínea; condições de saúde como síndrome do túnel do carpo, azia e acumulação de linfa; e medicamentos como quimioterapia e estatinas.

Por que seu braço esquerdo se sente pesado?

  • Má postura ou lesão
  • Linfedema
  • Ataque de pânico
  • Circulação pobre
  • Azia
  • Problema cardíaco

Se o seu braço esquerdo estiver se sentindo pesado, seu primeiro pensamento é muito provável sobre seu coração. Enquanto dor, peso ou dormência no braço esquerdo são possíveis indicadores de um ataque cardíaco, nem sempre é o caso. Esse desconforto estranho no braço esquerdo poderia apontar para algo leve como uma postura fraca ou para outra condição de saúde que precise de cuidados. Então, como você se certifica de que o peso é tratado corretamente? O primeiro passo seria explorar algumas das razões pelas quais seu braço esquerdo pode estar se sentindo pesado.

7 Razões para o braço esquerdo se sentir pesado e fraco

1. Postura ruim ou lesão

A lesão física é a causa mais óbvia de sua dor no braço esquerdo ou sensação de peso no braço esquerdo. Você pode ter sobrecarregado seus ligamentos ou rasgado seus tendões durante um treino ou suas atividades diárias. Tais casos incluem:

Tendinite

Tendões, bandas de tecido fibroso que conectam os ossos aos músculos, são encontradas em todo o corpo. Tendinite é a inflamação ou irritação de um tendão que pode ocorrer por lesão ou uso excessivo da parte dolorosa.

Bursite

Uma bursa é o saco fibroso que funciona como uma almofada entre tendões, ossos, músculos ou pele. A bursite é a inflamação ou irritação de uma bursa que foi ferida ou usada em excesso.

  • Tratamento: se o tendão estiver rasgado, a cirurgia seguida pelo exercício pode ser necessária para repará-lo. Caso contrário, o foco em ambas as condições é primeiro reduzir a dor e a inflamação com repouso, drogas anti-inflamatórias, elevação e uso restrito da articulação. Você também pode ser avisado sbre dispositivos de proteção como bandas de cotovelos. Podem ser sugeridos exercícios delicados de fortalecimento e alongamento, e a massagem do tecido mole.

Lesão do manguito rotador

O manguito rotador é o sistema de quatro músculos e seus tendões no ombro. Os tendões ligam os músculos à bola do osso do braço e facilitam o movimento. Qualquer lesão ou rompimento nos tendões pode causar muita dor e restringir o movimento de seu ombro e braço afetados.

  • Tratamento: Dependendo da extensão do dano, os médicos podem sugerir cirurgia para tratar a condição. O tratamento não cirúrgico da lesão do manguito rotador inclui medicamentos antiinflamatórios e terapia física ou ocupacional

Síndrome do túnel do carpo 

Ocorre quando o nervo mediano é comprimido. Este nervo passa através do túnel do carpo localizado no lado da palma do pulso e, quando comprimido, pode causar uma dor maçante na mão, no antebraço ou no braço. Também resulta em fraqueza e torpeza na mão, entre outros sintomas dolorosos.

  • Tratamento: isso envolve a adoção de drogas anti-inflamatórias, usando uma cinta de pulso para suporte e exercícios de alongamento e fortalecimento para ajudar a aliviar a pressão sobre o pulso.

Síndrome da saída torácica 

Essa síndrome também pode causar dor nos braços, ombros e pescoço. Quando os vasos sangüíneos ou os nervos situados logo abaixo do pescoço são comprimidos, pode resultar em fraqueza, formigamento, dormência e queimação em seu braço, mão e dedos. Seu braço pode até se inchar. A dor que desencadeia a compressão pode ocorrer entre a primeira costela e a clavícula, ou entre os músculos do pescoço e do ombro.

  • Tratamento: dependendo da causa, os médicos sugerem técnicas de fisioterapia, medicação e relaxamento.

Postura estranha

Má postura, talvez enquanto dorme ou fica sentado por longos períodos, pode resultar em nervos comprimidos. Como resultado, você pode sentir peso seguido de pinos e agulhas em seu braço esquerdo.

  • Tratamento: corrigir sua postura é a melhor cura...

    ... para esse gatilho. Uma vez que a maioria dos trabalhos de mesa envolvem sessão por longos períodos de tempo, esteja atento em como você pode sentar-se corretamente.

2. Linfedema

O linfedema às vezes causa grande peso no braço. Nessa condição, a linfa, que é fluido fino e transparente circulando por todo o corpo e removendo bactérias e resíduos de tecidos, às vezes se acumula em determinados locais, causando edema.

O linfedema é um possível efeito colateral da cirurgia de câncer de mama e terapia de radiação. Em algumas mulheres, o linfedema parece permanecer por meses ou mesmo anos após o tratamento do câncer termina. Em pacientes com câncer de mama, o linfedema geralmente ocorre no braço e na mão, e às vezes na axila, no peito, no peito, no tronco e nas costas.

Alguns dos sintomas do linfedema são peso, dor, formigamento, desconforto ou aumento do calor nas áreas do tórax, braço, mão, mama ou axila.

  • Tratamento: Dependendo do estágio em que seu linfedema é diagnosticado, o tratamento inclui o uso de mangas de compressão, ligaduras e bombas para ajudar a fluir para fora do corpo. Exercício, perda de peso e proteção da pele são outras maneiras de ajudar o sistema linfático a voltar ao normal.

3. Ataque de pânico

Um ataque de pânico pode ser parecido com um ataque cardíaco, com sintomas surpreendentemente similares. Na verdade, muitas pessoas com ataques de pânico acabam no pronto socorro, confundindo com um ataque cardíaco.

Mas, ao contrário de um ataque cardíaco, a dor ou o peso durante um ataque de pânico não é persistente e desaparecerá quando mudar de posição. Em um ataque cardíaco, a dor irradia para suas costas, pescoço e mãos. Em um ataque de pânico, a dor é localizada em um ponto.

Os ataques cardíacos, especialmente nas mulheres, são frequentemente diagnosticados erroneamente como ataques de pânico no pronto socorro; então insista em um exame completo se você tiver uma dor radiante ou persistente em seus braços ou no peito.

  • Tratamento: se você é diagnosticado com um transtorno de pânico, consulte um terapeuta que pode ajudá-lo com mecanismos de enfrentamento para gerenciar ataques de pânico no futuro. Exercitar-se regularmente e praticar ioga, respiração profunda e meditação pode ajudar a fortalecer a resposta de relaxamento do seu corpo e contrariar sua resposta ao estresse.

4. Fraca circulação

A má circulação é outra razão pela qual você pode sentir entorpecimento ou dor no braço esquerdo. A circulação torna-se restrita quando os vasos sanguíneos são restringidos por trauma ou falta de nutrientes saudáveis. Em alguns casos, a má circulação pode ser devido a uma condição subjacente como diabetes, varizes ou doença arterial periférica, todos os quais requerem tratamento.

  • Tratamento: o seu médico receitará medicamentos se uma condição subjacente for a culpada. Melhorar sua dieta e ser fisicamente ativo ajudará a melhorar a circulação. Assim, evite fumar, cafeína e álcool. Estes estimulantes podem dificultar a circulação periférica e causar danos aos nervos, levando a dor nos braços e pernas.

5. Azia

A azia não tem nada a ver com seu coração, mas pode parecer um ataque cardíaco. Você pode ter sintomas semelhantes, como o peso no peito, no braço, no pescoço ou no maxilar. Como os sintomas diferem de pessoa para pessoa, apenas um profissional médico pode diagnosticar sua condição corretamente.

Em pessoas com doença de refluxo gastroesofágico (DRGE), um espasmo no esôfago, que é o tubo que liga a garganta e o estômago, também pode causar dor ou peso no braço esquerdo. Na verdade, se você tiver queimação de estômago com mais de duas vezes por semana, você poderia ter doença d refluxo gastroesofágico (DRGE) e deve consultar um médico.

  • Tratamento: a azia infrequente pode ser aliviada com antiácidos de venda livre e algumas modificações de estilo de vida. Evite alimentos picantes, gordurosos e ácidos. Termine suas refeições 2-3 horas antes da hora de dormir. Pare de fumar tabaco. Enquanto dorme, tente evitar o refluxo, mantendo sua cabeça em posição elevada e usando roupas soltas. O tratamento para doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) requer...

    publicidade

    ...medicação, além de mudanças de estilo de vida semelhantes.

6. Medicamentos

Alguns medicamentos também são conhecidos por causar peso no braço. Consulte o seu médico se sentir peso ou dor no seu braço depois de começar um novo medicamento. Muitas vezes, parar a medicação ou reduzir a dosagem pode reduzir seus sintomas. Por exemplo:

  1. Medicamentos de quimioterapia: as mulheres que estão sendo tratadas por câncer de mama podem desenvolver neuropatia periférica associada à quimioterapia. Os medicamentos de quimioterapia vão para todas as partes do corpo e alguns deles podem causar danos aos nervos periféricos, como nas mãos e nos pés. Em tais situações, dormência, dor, fraqueza, sensações de dor repentinas, afiadas, esfaqueadas ou choques nos braços ou pernas são sintomas comuns. A neuropatia deve ser tratada com antecedência ou pode se transformar em um problema a longo prazo.
  2. Medicamentos com alto teor de colesterol: às vezes os pacientes que tomam estatinas, que são medicamentos que podem reduzir os níveis de colesterol LDL no sangue, relatam efeitos colaterais que incluem dor muscular e articular ou, em casos graves, perda de sensação ou formigamento nas terminações nervosas do sangue. mãos e pés. Os médicos geralmente param a medicação por um tempo e prescrevem uma menor dose mais tarde.
  • Remédio: converse com o seu médico para descobrir se sua medicação está causando peso no braço. Uma alteração na medicação pode ser possível em alguns casos.

7. Problemas cardíacos

Das milhões de pessoas que visitam o pronto socorro para dor torácica, apenas 20% são realmente diagnosticados com ataque cardíaco ou angina. Mas não há como negar que um ataque cardíaco é uma das causas mais amplamente reconhecidas de peso no braço esquerdo. Portanto, ainda vale a pena ser cauteloso e descartar um problema cardíaco se você sentir peso no braço esquerdo. Lembre-se de que, enquanto todas as outras causas mencionadas aqui podem causar dor em ambos os braços, os ataques cardíacos são mais provavelmente afetará o braço esquerdo.

Sintomas de um ataque cardíaco

Ao lado do peso do braço esquerdo, os sintomas comuns de um ataque cardíaco iminente incluem dor, desconforto, sensação de pressão, plenitude ou aperto no centro ou no lado esquerdo do tórax. Pode se espalhar para um ou ambos os braços, o pescoço e os ombros, as costas, a mandíbula e até a parte superior do estômago. Falta de ar, suor frio, tonturas, náuseas e vômitos, e cansaço incomum que dura dias também pode indicar um ataque iminente.

A principal diferença entre um motivo cardíaco e não cardíaco para o peso do braço esquerdo é que em um ataque cardíaco, a dor mais frequentemente não começa de repente e continua a ser a mesma mesmo depois de mover o braço.

Reconhecer os sintomas de um ataque cardíaco e procurar assistência médica a tempo pode salvar uma vida. Se o coração não receber sangue suficiente durante muito tempo, geralmente por mais de 20 minutos, o dano ao músculo cardíaco pode ser irreversível.

Lembre-se de que os sintomas de um ataque cardíaco podem variar de pessoa para pessoa. Certos sintomas são mais comuns nas mulheres do que nos homens. Certos sintomas duram dias, começam levemente e gradualmente se intensificam ao longo de várias horas ou mesmo dias, ou são repentinos e intensos. No entanto, não exclua um problema de coração se você não vê estes sintomas associados. Os sintomas clássicos de ataque cardíaco podem estar ausentes em mulheres. Os diabéticos também não podem apresentar nenhum síntoma ou muito leves.

Angina

Uma angina geralmente é causada por doença cardíaca coronária e é uma condição em que as artérias que fornecem sangue e oxigênio aos músculos cardíacos são reduzidas. Os níveis de suprimento de sangue são, portanto, restritos. Quando isso acontece, você pode sentir peso ou aperto em seu peito, falta de ar e dor ou entorpecimento nos braços, garganta, mandíbula ou costas. Embora a dor de angina não represente um perigo iminente para você, é importante gerenciar a condição para que ela não se torne um ataque cardíaco no futuro.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade