Síndrome de Comer à Noite | Síndrome do Comer Noturno

Síndrome de Comer à Noite | Síndrome do Comer Noturno

Síndrome de comer à noite conhecida também como Síndrome do Comer Noturno trata de pessoas que comem à noite mesmo sem fome.

publicidade

Como Parar de Comer à Noite?

Muitas pessoas ficam andando pela cozinha para um lanche noturno, e que geralmente não é algo para se preocupar, enquanto você está fazendo escolhas saudáveis.

Indivíduos que comem uma grande quantidade de comida à noite sem estar com fome ou que levantam à noite para comer podem ter uma doença chamada síndrome de comer à noite.

A condição é tratável, no entanto, então, se você suspeitar que você tem isso, fale com seu médico imediatamente.

Síndrome de Comer à Noite (Síndrome do Comer Noturno)

Os principais sintomas da síndrome de comer a noite são falta de apetite pela manhã, comer muito durante a noite ou acordar no meio da noite para comer. De acordo com a nutricionista registrada Cathy Leman, o transtorno alimentar é definido por dois fatores:

A pessoa que tem 25% ou mais de sua ingestão calórica total de alimentos consumidos depois do jantar ou no meio da noite e se levanta para comer três ou mais vezes por semana.

A síndrome de comer a noite afeta entre 1.1 e 1,5% da população geral, mas é mais...

publicidade

... comum entre os indivíduos em programas de perda de peso e aqueles que se submeteram à cirurgia bariátrica-perda de peso, relata Leman.

Tratamento com medicação

Intervenção farmacológica é um tratamento para síndrome de comer a noite, de acordo com um artigo de 2012 publicado em "Clínicas psiquiátricas da América do Norte." Um tipo de medicação que pode ser usado são os inibidores seletivos da recaptação da serotonina.

Esta droga pode ajudar pacientes com a síndrome de comer a note, em acordar menos vezes durante a semana, o que reduz a quantidade de comida que estão ingerindo no meio da noite.

Inibidores da recaptação da serotonina e norepinefrina também podem ser usados, de acordo com Jennifer D. Lundgren, autor de "Síndrome de comer à noite: pesquisa, avaliação e tratamento."

Tratamento com a terapia cognitiva

Terapia cognitivo-comportamental requer que os pacientes possam reaprender a forma adequada para comer, que é durante o dia, ao invés de no meio da noite, de acordo com o artigo em "Clínicas psiquiátricas da América do Norte."

Também ajuda o paciente com a síndrome de comer noite superar um pensando errado como,...

publicidade

..."se eu não comer, não serei capaz de cair no sono."

Exemplos de atividades incluídas no tratamento são manter comida e dormir no mesmo horário regularmente.

A terapia de comportamento também ajuda pacientes a aprender a comer mais durante o dia, em vez de, à noite e como lidar com o desejo de comer à noite.

Um componente adicional do tratamento pode eliminar todos os alimentos que um paciente normalmente comeria à noite em casa.

Outros tratamentos potenciais

Outros tipos de terapia comportamental podem abordar o humor subjacente ou transtornos de ansiedade, que podem contribuir para a síndrome de comer a noite.

Diagnóstico de doenças como a síndrome das pernas inquietas ou apneia do sono pode também ajudar a reduzir sintomas de comer a noite, segundo Leman. Além disso, medidas mais drásticas, como manter a geladeira fechada com cadeado podem ser usadas.

Fototerapia é outro tratamento que ajuda a aumentar a produção de melatonina, que é essencial para os padrões de sono normal.

O objetivo é ajudar os pacientes a dormir a noite toda mais facilmente, que pode reduzir o desejo de comer à noite.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.