Síndrome de Klinefelter - Baixa Produção do Hormônio Testosterona
Autor:

Síndrome de Klinefelter - Baixa Produção do Hormônio Testosterona

Síndrome de Klinefelter é uma baixa produção do hormônio testosterona quando um menino nasce com uma cópia extra do cromossomo X.

A síndrome de Klinefelter não é hereditária, mas só ocorre como resultado de um erro genético aleatório após a concepção.

O que é Síndrome de Klinefelter

Síndrome de Klinefelter é uma condição genética que tem como resultado, quando um menino nasce com uma cópia extra do cromossomo X, sendo uma das condições genéticas mais comuns que afetam os homens.

A síndrome afeta negativamente o crescimento testicular, e isso pode resultar em menor que os testículos normais. Isso pode levar a baixa produção do hormônio testosterona.

A síndrome não é hereditária, ela ocorre justamente pelo erro genético após a concepção e é necessário um diagnóstico médico.

No Brasil temos a média de 150 mil casos por ano.

Klinefelter também pode causar massa muscular reduzida, redução do pêlo corporal e facial e a ampliação o tecido mamário. Os efeitos da síndrome variam e nem todos desenvolvem os sinais e sintomas.

Muitas vezes a síndrome não é diagnosticado até a idade adulta. A maioria dos homens com Klinefelter produzem pouco ou nenhum esperma.

Mas procedimentos de reprodução assistida podem torná-lo possível para alguns homens com síndrome de...

... Klinefelter aos filhos do pai.

Muitos bebês e meninos com síndrome de Klinefelter têm alguns sintomas perceptíveis, e a condição pode diagnosticados até a idade adulta. Para outros, a condição tem um efeito perceptível no crescimento ou aparência. Síndrome de Klinefelter pode causar discurso e problemas em alguns meninos de aprendizagem.

Sintomas de Klinefelter

Sinais e sintomas da síndrome de Klinefelter variam de acordo com a idade:

Bebês

  • Músculos fracos
  • Retardar o desenvolvimento motor, levando mais tempo do que a média para sentar-se, engatinhar e andar
  • Atraso na fala
  • Personalidade tranquila, dócil
  • Problemas no nascimento, como testículos que não desceram para o escroto

Meninos e adolescentes

  • Mais alto do que a estatura média
  • Pernas maiores, tronco mais curto e quadris mais amplos em comparação com outros meninos
  • Puberdade ausente, tardia ou incompleta
  • Após a puberdade, os corpos são menos musculares e menos pêlos faciais e corporais, em comparação com outros adolescentes
  • Testículos pequenos, firmes
  • Pênis pequeno
  • Tecido mamário alargado (ginecomastia)
  • Ossos fracos
  • Baixos níveis de energia
  • Timidez
  • Dificuldade em expressar sentimentos ou socializar
  • Problemas com leitura, escrita, ortografia ou matemática
  • Problemas de atenção

Homens

  • Infertilidade
  • Pênis e testículos pequenos
  • Mais alto do que a estatura média
  • Ossos fracos
  • Diminuição de pêlos faciais e corporais
  • Tecido mamário...

    publicidade

    ...alargado

  • Diminuição do desejo sexual ou problemas sexuais

Quando consultar um Médico sobre Klinefelter

Consulte um médico para descartar a Síndrome de Klinefelter ou outra condição de saúde, se você ou seu filho tem:

  • Desenvolvimento lento durante a infância ou a infância. Se seu filho parece estar desenvolvendo mais lentamente do que outros meninos, consulte o médico do seu filho. Alguma variação no desenvolvimento físico e mental é normal. Mas é melhor verificar com um médico se você tiver quaisquer preocupações. Atrasos no crescimento e desenvolvimento podem ser o primeiro sinal de uma série de condições que precisam de tratamento, incluindo a síndrome de Klinefelter. Se seu filho tem síndrome de Klinefelter, tratamento precoce, incluindo a terapia da fala, pode ajudar a prevenir ou minimizar problemas.
  • Infertilidade masculina. Se seu parceiro não tenha ajudado na gravidez após um ano de sexo desprotegido, regular, consulte um médico. Infertilidade é geralmente causada por algo diferente de síndrome de Klinefelter, mas muitos homens não são diagnosticados com a condição, até que eles percebam que eles são incapazes de ser pai de uma criança.
Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade