Síndrome de Lynch | Causas, Sinais e Sintomas

Síndrome de Lynch | Causas, Sinais e Sintomas

Síndrome de Lynch é uma condição hereditária que aumenta o risco de câncer de cólon e outros tipos de cânceres.

publicidade

A síndrome de Lynch, também conhecida como câncer colorretal hereditário sem polipose (HNPCC), é um tipo de síndrome de câncer hereditário associada a uma predisposição genética para diferentes tipos de câncer. Isso significa que as pessoas com síndrome de Lynch têm um risco maior de certos tipos de câncer.

O câncer começa quando as células normais começam a mudar e a crescer fora de controle, formando uma massa chamada tumor. Um tumor pode ser benigno (não-canceroso) ou maligno (canceroso), o que significa que pode se espalhar para outras partes do corpo. Um tumor benigno significa que o tumor pode crescer, mas não se espalhará.

As pessoas que têm síndrome de Lynch têm um risco significativamente aumentado de desenvolver câncer colorretal. Existe também um risco aumentado de desenvolvimento de outros tipos de cânceres, tais como endometrial (uterino), estômago, mama, ovário, intestino delgado (intestinal), pancreático, próstata, trato urinário, fígado, rins e cânceres do canal biliar.

A síndrome de Lynch está entre as síndromes de câncer hereditário mais comuns, e estimativas sugerem que 1 em cada 300 pessoas pode ser portadora de uma alteração em um gene associado à síndrome de Lynch. Indícios se há síndrome de Lynch em uma família incluem diagnósticos de câncer colorretal e / ou endometrial em vários parentes do mesmo lado de uma família. Além disso, os cânceres associados à síndrome de Lynch são mais propensos a serem diagnosticados em uma idade jovem. Pessoas com síndrome de Lynch também estão em um aumento do risco de desenvolver vários tipos de cânceres durante sua vida.

O que é a Síndrome de Lynch

Síndrome de Lynch é uma condição hereditária que aumenta...

publicidade

... o risco de câncer de cólon e outros tipos de cânceres.

Lynch historicamente tem sido conhecida como câncer colorretal hereditário sem polipose (HNPCC).

Um número de síndromes herdadas pode aumentar o risco de câncer de cólon, mas a síndrome de Lynch é o mais comum. Médicos estimam que cerca de 3 para cada 100 tipos de cânceres de cólon são causados pela síndrome de Lynch.

Famílias que têm a síndrome de Lynch geralmente têm mais possibilidades de câncer de cólon do que seria normalmente esperado. Síndrome de Lynch também pode causar câncer de cólon que pode ocorrer em uma idade mais adiantada do que pode a população em geral.

O que causa a síndrome de Lynch?

A síndrome de Lynch é uma condição genética. Isso significa que o risco de câncer pode ser passado de geração em geração em uma família. Esses tipos de mutações são chamados de mutações herdadas ou germinativas. Alterações em vários genes envolvidos no reparo de incompatibilidade de DNA que foram relacionados à síndrome de Lynch. Eles incluem os genes de MLH1, MSH2, MSH6, PMS2 e EPCAM. Uma mutação (alteração) em qualquer um desses genes dá à pessoa um risco aumentado de desenvolver câncer colorretal e outros cânceres relacionados. As mulheres também têm um risco aumentado de desenvolver câncer endometrial e ovariano.

Nem todas as famílias que parecem ter síndrome de Lynch terão identificável alterações em MLH1, MSH2, MSH6, PMS2 ou EPCAM. A pesquisa está em andamento para identificar outros genes associados à síndrome de Lynch. Algumas pessoas desenvolverão mudanças nesses genes que não são herdadas, mas ocorrem devido ao processo de envelhecimento do corpo e outras causas que não...

publicidade

...são bem compreendidas. Esses tipos de mutações são chamados de adquiridos. Se um tumor tiver alterações nesses genes, o sangue da pessoa também será testado para esse gene anormal. Se o sangue e o tumor tiverem o gene modificado, a condição é herdada e não adquirida, o que significa que outros membros da família podem ser afetados.

Sintomas da Síndrome de Lynch

Pessoas com síndrome de Lynch podem ter:

  • Câncer de cólon que ocorre em uma idade mais jovem, especialmente antes dos 50 anos
  • Uma história familiar de câncer de cólon que ocorre em uma idade jovem
  • Uma história familiar de câncer de endométrio
  • Uma história familiar de outros cânceres relacionados, incluindo câncer de ovário, câncer de rim, câncer de estômago, câncer de intestino, câncer de fígado e outros tipos de cânceres

Quando consultar um médico sobre a Síndrome de Lynch

Se você tiver preocupações sobre sua história familiar referente ao câncer de cólon ou câncer de endométrio, é importante consultar um médico, sobre uma avaliação genética de sua história familiar e seu risco de câncer.

Se um membro da família foi diagnosticado com síndrome de Lynch, informe o seu médico.

Pedir para ser encaminhado para um conselheiro genético. Conselheiros genéticos são treinados em genética e aconselhamento.

Eles podem ajudá-lo a entender a síndrome de Lynch, o que a doença faz e que tipo de cuidados é recomendado para pessoas com síndrome de Lynch.

Um conselheiro genético pode ajudá-lo a classificar através de todas as informações e ajuda para você entender se o teste genético é apropriado para você.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.