7 Sintomas De Fibromialgia, Além Da Dor
Autor:

7 Sintomas De Fibromialgia, Além Da Dor

Sintoma mais comum da fibromialgia é a dor do corpo. Reconhecer os sintomas de fibromialgia um tratamento direcionado pode ajudar. Saiba mais!.

Fibromialgia pode ser diferente para cada pessoa, que é parte da razão de ser tão difícil de diagnosticar.

Não há nenhum teste de sangue para a condição, e os médicos vão riscar outras condições e verificar se há sintomas de fibromialgia e pontos dolorosos para chegar a um diagnóstico.

Enquanto o sintoma mais comum da fibromialgia é a dor do corpo, existem outros sintomas que às vezes voam sob o radar. Reconhecer os sintomas de fibromialgia um tratamento direcionado pode ajudar.

1- Ansiedade ou depressão

Estar em constante dor pode levar à ansiedade e depressão.

No entanto, muitas pessoas com fibromialgia continuam a prosperar, apesar da dor. A chave para o enfrentamento é aceitar o problema e aprender a minimizar a dor, mesmo que ela não pode ser curada completamente, dizem os especialistas.

"Fibromialgia parece ser um problema com o cérebro da maneira que ele transmite dor," diz Daniel J. Clauw, MD, o diretor da dor crônica e fadiga Research Center da Universidade de Michigan. "Os neurotransmissores envolvidos no humor de transmissão [estão também envolvidas no] dor."

2- Problemas digestivos

Pacientes com fibromialgia frequentemente relatam problemas digestivos que geralmente estão relacionados com a síndrome do intestino irritável (SII), que tem sintomas que incluem dor abdominal e constipação ou diarréia.

"Fibromialgia chegou a...

... significar mais do que apenas dor generalizada," diz o Dr. Clauw. "É propaganda de uma constelação [dos sintomas] incluindo síndrome do intestino irritável, colite intersticial e fadiga crônica".

Os médicos não tem certeza por que estas duas condições freqüentemente ocorrem juntas. Uma teoria é que medicamentos para fibromialgia podem estar exacerbando a constipação, ou medicamentos para a síndrome do intestino irritável podem estar causando dores musculares e fadiga.

3- Fadiga

Mais de 80% das pessoas com fibromialgia experimentam fadiga, diz Dr. Clauw. Por conseguinte, fibromialgia é muitas vezes comparada com a síndrome da fadiga crônica e às vezes diagnosticada como tal.

Quase metade dos pacientes de fibromialgia, se não mais, também preenchem os critérios para a síndrome da fadiga crônica, de acordo com o Dr. Clauw. Em ambos os casos, os pacientes podem experimentar sentimentos de cansaço que são tão fortes que impeçam, escola, trabalho ou outras atividades diárias.

4- Dores de cabeça

Além da dor do corpo, pessoas com fibromialgia também são propensas a dores de cabeça crônicas.

Um estudo de 2004 descobriu que 76% dos pacientes com fibromialgia buscaram tratamento e relataram dores de cabeça crônicas e de pacientes com fibromialgia com dores de cabeça, 63% tinham enxaqueca.

5- Problemas de memória

A pesquisa mostrou que os pacientes com fibromialgia...

publicidade

...perdem mais de três vezes mais tecido cerebral de "massa cinzenta" do que seus pares saudáveis, resultando em problemas de concentração e memória, muitas vezes referidos como "fibro nevoeiro."

Pessoas com fibromialgia podem encontrar-se freqüentemente confusas, perdendo a sua linha de pensamento, esquecendo detalhes ou misturando palavras.

6- Problemas de sono

Infelizmente, apesar de pacientes com fibromilagia ficarem mais cansados do que seus pares saudáveis, também muitas vezes têm dificuldade para dormir.

O Catch-22 é que dormir mais é provável para aliviar a dor, mas pessoas com fibromialgia têm dificuldade em ou ficar dormindo e muitas vezes não acordam sentindo-se descansadas ou atualizadas. Alguns têm problemas para dormir por causa de seu desconforto, enquanto outros podem ser afetados pelos mesmos neurotransmissores que podem estar a criar a dor.

"Em uma área, este desequilíbrio pode causar dor," diz o Dr. Clauw, "e em outro, pode dormir [efeito]. Muito semelhantes neurotransmissores controlam um monte dessas funções."

7- Rigidez

Um torcicolo ou articulação endurecida, a primeira coisa de manhã normalmente é nada para se preocupar. Mas para pacientes saudáveis, de manhã e essas dores desaparecem muito rapidamente após o início do dia.

Em pessoas com fibromialgia, a rigidez matinal pode durar uma hora ou duas, ou tornam extremamente difícil sair da cama.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade