Vitaminas para a perda de cabelo

Vitaminas para a perda de cabelo

Enquanto fatores como idade, genética e hormônios também afetam o crescimento do cabelo, a ingestão ideal de nutrientes é fundamental.

publicidade

As 5 melhores vitaminas para o crescimento do cabelo e outros nutrientes

Muitas pessoas olham o cabelo saudável como um sinal da saúde ou da beleza.

Como qualquer outra parte do seu corpo, o cabelo precisa de uma variedade de nutrientes para ser saudável e crescer.

Na verdade, muitas deficiências nutricionais estão ligadas à perda de cabelo.

Enquanto fatores como idade, genética e hormônios também afetam o crescimento do cabelo, a ingestão ideal de nutrientes é fundamental.

Abaixo estão 5 vitaminas e 3 outros nutrientes que podem ser importantes para o crescimento do cabelo.

1. vitamina A

Todas as células precisam de vitamina A para o crescimento. Isto inclui o cabelo, o tecido de crescimento mais rápido no corpo humano.

A vitamina A também ajuda as glândulas da pele a fazer uma substância oleosa chamada sebo. Sebo hidrata o couro cabeludo e ajuda a manter o cabelo saudável.

Dietas deficientes em vitamina A pode levar a vários problemas, incluindo a perda de cabelo.

Embora seja importante obter o suficiente de vitamina A, ter muita pode ser perigoso. Estudos mostram que uma overdose de vitamina A também pode contribuir para a perda de cabelo.

Batata doce, cenouras, abóboras, espinafre e couve são todos elevados em beta-caroteno, que é transformado em vitamina A.

A vitamina A também pode ser encontrada em produtos de origem animal, como leite, ovos e iogurte. O óleo de fígado de bacalhau é uma fonte particularmente boa.

Você também pode encontrar suplementos de vitamina A on-line.

Seu cabelo precisa de vitamina a para ficar hidratada e crescer. Boas fontes incluem batata doce, cenouras, espinafre, couve e alguns alimentos de origem animal.

2. vitaminas do complexo B

Uma das melhores vitaminas conhecidas para o crescimento do cabelo é uma vitamina B chamada biotina.

Estudos ligam deficiência de biotina com perda de cabelo em humanos.

Embora a biotina seja usada como um tratamento de perda de cabelo alternativo, aqueles que são deficientes têm os melhores resultados.

No entanto, a deficiência é muito rara porque ocorre naturalmente em uma ampla gama de alimentos.

Há também uma falta de dados sobre se a biotina é eficaz para o crescimento do cabelo em indivíduos saudáveis.

Outras vitaminas do complexo B ajudam a criar glóbulos vermelhos, que carregam oxigênio e nutrientes para o couro cabeludo e folículos pilosos. Estes processos são importantes para o crescimento do cabelo.

Você pode obter vitaminas do complexo B de muitos alimentos, incluindo grãos inteiros, amêndoas, carnes, peixes, frutos do mar e verduras escuras e frondosas.

Adicionalmente, os alimentos animais são as únicas boas fontes de vitamina B12. Então, se você está seguindo uma dieta vegetariana ou vegan, considere tomar um...

publicidade

... suplemento.

Você pode encontrar suplementos de vitamina B on-line.

Vitaminas do complexo B ajudam a transportar oxigênio e nutrientes para o seu couro cabeludo, que auxilia no crescimento do cabelo. Grãos inteiros, carne, frutos do mar e verduras escuras e frondosas são boas fontes de vitaminas do complexo B.

3. vitamina C

Os danos dos radicais livres podem bloquear o crescimento e causar o seu cabelo à idade.

A vitamina C é um poderoso antioxidante que ajuda a proteger contra o estresse oxidativo causado pelos radicais livres.

Além disso, seu corpo precisa de vitamina C para criar uma proteína conhecida como colágeno — uma parte importante da estrutura do cabelo.

A vitamina C também ajuda o seu corpo a absorver o ferro, um mineral necessário para o crescimento do cabelo.

Morangos, pimentas, goiabas e frutas cítricas são todas boas fontes de vitamina C.

A vitamina C é necessária para fazer o colágeno e pode ajudar a prevenir o cabelo do envelhecimento. Boas fontes incluem pimentas, frutas cítricas e morangos.

4. vitamina D

Baixos níveis de vitamina D estão ligados à alopecia, um termo técnico para a perda de cabelo.

A pesquisa também mostra que a vitamina D pode ajudar a criar novos folículos — os poros minúsculos no couro cabeludo, onde o cabelo novo pode crescer.

A vitamina D é pensado para desempenhar um papel na produção de cabelo, mas a maioria das pesquisas centra-se em receptores de vitamina D. O papel real da vitamina D no crescimento do cabelo é desconhecido.

Dito isto, a maioria das pessoas não obter o suficiente vitamina D e ainda pode ser uma boa idéia para aumentar a sua ingestão.

Seu corpo produz vitamina D através do contato direto com os raios do sol. Boas fontes dietéticas de vitamina D incluem peixe gordo, óleo de fígado de bacalhau, alguns cogumelos e alimentos fortificados.

Suplementos de vitamina D estão disponíveis on-line.

O papel real da vitamina D no crescimento do cabelo não é compreendido, mas uma forma de perda de cabelo está ligada a deficiências. Você pode aumentar os níveis de vitamina D através da exposição ao sol ou comendo certos alimentos.

5. vitamina E

Semelhante à vitamina C, a vitamina E é um antioxidante que pode prevenir o estresse oxidativo.

Em um estudo, pessoas com perda de cabelo experimentou um aumento de 34,5% no crescimento do cabelo após a suplementação com vitamina E por 8 meses.

O grupo placebo teve apenas um aumento de 0,1%.

Sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacates são todas boas fontes de vitamina E.

Você também pode encontrar suplementos de vitamina E on-line.

A vitamina E ajuda a prevenir o estresse oxidativo...

publicidade

...e impulsionar o crescimento do cabelo. Boas fontes alimentares incluem sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacates.

Nutrientes para a perda de cabelo

Ferro

O ferro ajuda os glóbulos vermelhos a transportar oxigénio para as suas células. Isso o torna um mineral importante para muitas funções corporais, incluindo o crescimento do cabelo.

A deficiência de ferro, que provoca anemia, é uma das principais causas de perda de cabelo. É especialmente comum em mulheres.

Alimentos ricos em ferro incluem mariscos, ostras, ovos, carne vermelha, espinafre e lentilhas.

Suplementos de ferro estão disponíveis on-line.

A deficiência de ferro é uma das principais causas de perda de cabelo, especialmente em mulheres. As melhores fontes de ferro incluem amêijoas, ostras, ovos, carne vermelha, espinafre e lentilhas.

Zinco

O zinco desempenha um papel importante no crescimento e reparação do tecido capilar. Igualmente ajuda a manter as glândulas de óleo em torno dos folículos que trabalham corretamente.

A perda de cabelo é um sintoma comum da deficiência do zinco.

Estudos mostram suplementos de zinco reduzem a perda de cabelo causada pela deficiência de zinco.

No entanto, existem alguns relatos anedóticos que completando com muito alta de uma dose também pode contribuir para a perda de cabelo.

Por esta razão, pode ser melhor para obter o seu zinco de alimentos inteiros. Alimentos ricos em zinco incluem ostras, carne bovina, espinafre, gérmen de trigo, sementes de abóbora e lentilhas.

O zinco mineral pode melhorar o crescimento do cabelo em pessoas que são deficientes nele. Boas fontes incluem ostras, carne bovina e sementes de abóbora.

Proteína

O cabelo é feito quase inteiramente de proteína. Consumir o suficiente é importante para o crescimento do cabelo.

Estudos em animais mostram que a deficiência de proteínas pode diminuir o crescimento do cabelo e até mesmo levar à perda de cabelo.

Entretanto, a deficiência real da proteína é extremamente rara em países ocidentais.

Comer bastante proteína é importante para o crescimento do cabelo, embora uma deficiência da proteína seja rara em países ocidentais atualmente.

Você deve tomar um suplemento de cabelo?

A comida é a melhor fonte das vitaminas que você precisa para o crescimento do cabelo.

No entanto, se você deixar de obter o suficiente em sua dieta, suplementos podem ser úteis.

De acordo com a pesquisa, suplementos funcionam melhor em indivíduos que já são deficientes.

Além disso, grandes doses de vitaminas e minerais podem ser prejudiciais se você não é deficiente. Então, trabalhe com um médico para determinar se você tem uma deficiência ou não.

No final do dia, a melhor maneira de obter esses nutrientes é comer uma dieta equilibrada, real à base de alimentos que inclui a abundância de alimentos ricos em nutrientes.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.