Adoçante pode Aumentar a sua Fome

Adoçante pode Aumentar a sua Fome

Adoçantes Artificiais podem influenciar diretamente no cérebro, ou seja, consumir adoçante pode te dar mais fome.

publicidade
publicidade
Alimentação e Nutrição

Adoçante Artificial estimula a minha vontade de comer?

Alguns pesquisadores na Austrália dizem que sim!

Os pesquisadores dizem que adoçantes artificiais têm um efeito em como o cérebro regula o apetite, bem como sobre a percepção de gosto e sabor em nossa boca, ou seja, que utilizar adoçante pode aumentar a sua vontade comer.

“Estas descobertas reforçam a idéia de que a variedade de alimentos sem açúcar processados e bebidas pode não ser tão inerte como esperávamos". Segundo o Professor Herbert Herzog do Garvan Institute of Medical Research.

"Adoçantes artificiais podem mudar como os animais percebem o sabor da comida, com uma discrepância entre níveis de energia, levando a um aumento do consumo calórico"

O estudo sobre os efeitos dos Adoçantes Artificiais foi publicado na revista Cell Metabolism.

Resultados dos Adoçantes Artificias em Animais

Os cientistas primeiro analisaram as as moscas de fruta.

Eles regularam a dieta dos insetos com adoçante artificial a base de sucralose por de cinco dias.

Essas moscas consumiram 30% mais calorias do que quando elas receberam alimentos naturalmente adoçados.

Os pesquisadores realizaram o mesmo experimento usando ratos.

Eles descobriram que os ratos com a dieta a base de adoçantes artificiais tiveram um "aumento significativo no consumo de alimentos."

“Quando analisamos esses animais que comiam a mais, mesmo já tendo calorias suficientes. Nós encontramos que o consumo crônico do adoçante artificial na verdade aumenta a intensidade...

publicidade ;)

... doce de açúcar. Desta forma aumenta a motivação do animal para comer cada vez mais," disse Greg Professor associado Neely da faculdade de Ciências, Universidade de Sydney.

Por que isso pode acontecer.

Os pesquisadores dizem que descobriram um mapa neural que explica o consumo de calorias extras.

A rede neural que os adoçantes artificiais atingem em animais (isso incluí os humanos), responde para o cérebro que eles ainda não consumiram energia suficiente para satisfazer a sensação de fome.

Os pesquisadores concluíram que, dentro dos "centros de recompensa do cérebro”, sensações doces estão integradas com teor energético.

Quando a doçura e energia estão fora de equilíbrio, por um período de tempo, o cérebro envia sinais que precisa de mais calorias gerando a sensação de fome extra.

Para afirmar esta resposta do cérebro ao longo do tempo, o cérebro realça o sabor de certos alimentos, segundo os pesquisadores.

"Usando esta resposta com as dietas artificialmente adoçadas, conseguimos mapear funcionalmente uma nova rede neuronal que equilibra a palatabilidade dos alimentos com teor energético. O caminho que nós descobrimos é parte de uma resposta de fome conservada. Que na verdade faz com que os alimentos acabem tendo um melhor sabor e desta forma inibindo a o limite entre estar com fome ainda ou não.”disse Neely.

Os pesquisadores também concluíram que adoçantes artificiais promove hiperatividade, insônia e diminuição da qualidade do sono, que...

publicidade

...só poderá ser indicada quando a gente está em jejum ou em modo de fome leve.

Outras explicações possíveis sobre Adoçantes Artificiais e a Fome

Se as conclusões deste estudo são comprovadas por uma pesquisa mais adicional, pode ser significativo para os seres humanos.

Bilhões de pessoas no mundo comem alimentos e bebem líquidos com adoçantes artificiais. Muitos estão com sobrepeso ou obesidade e usam os adoçantes para cortar o açúcar da sua dieta para perder peso.

"Isso tem implicações enormes, na verdade a pesquisa mostra que as conclusões da pesquisa são uma possibilidade.” Segundo a nutricionista Susan Weiner,

No entanto, Weiner disse que existem outras explicações possíveis para a aumento de calorias, bem como outras coisas a considerar.

Ela observou que muitas pessoas que começam a consumir adoçantes artificiais estão com sobrepeso ou obesos de longa data, e não exatamente por terem consumido adoçantes artificiais.

Ela acrescentou que as pessoas são únicas, portanto, cérebros individuais podem reagir diferentemente a adoçantes artificiais.

Weiner disse que permite que seus clientes usem adoçantes artificiais, mas apenas em pequenas quantidades.

“Adoçante artificial não derrete os quilos," ela disse.

Água, é uma das melhores maneiras de perder peso e reduzir o consumo de açúcar. Afirma Weiner.

No entanto, ela está intrigada com este estudo mais recente. Afinal os adoçantes artificiais estão presentes em quase tudo que consumimos e consideramos como alimentos saudáveis.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.