Alergia a Cachorro: Sintomas, Causas, Tratamentos e Dicas
Autor:

Alergia a Cachorro: Sintomas, Causas, Tratamentos e Dicas

Cachorro é tudo de bom! Mas será que você pode sofrer com alergia a cachorro? Descubra os sintomas da alergia de cães no seu corpo.

Alergia a pelo de Cachorro

Para uma pessoa com alergias a cães, a vida em um país que ama cães não é fácil.

Aproximadamente 37% a 47% das famílias têm um cachorro em casa.

Os pelos dos cachorros ficam por toda parte, incluindo lugares onde os cães nunca colocaram na pata.

De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde, níveis detectáveis ​​de pelos de animais estão em todas as casas. Então, como você pode term uma vida tranquila tendo alergia ao melhor amigo do homem?

Aqui está um resumo das causas e tratamentos das alergias a cães, além de dicas sobre como reduzir a exposição.

Sintomas de alergias de cães

Os sintomas de alergias a cachorros (normalmente alergia do pelo do cachorro) geralmente são semelhantes aos de qualquer outra alergia nasal.

Eles incluem:

  • tosse e chiado no peito
  • olhos vermelhos e com coceira
  • coriza, coceira, nariz entupido
  • espirros

Algumas pessoas com alergias a cães também apresentam reações cutâneas.

Por exemplo, sua pele pode ficar irritada onde um cachorro os lambe.

Pessoas com alergia em um grau maior e/ou mais grave podem desenvolver urticária no rosto ou no peito.

Pessoas com asma e alergias a animais de estimação podem ter sintomas especialmente graves.

Causas de alergias ao pelo do Cachorro

Principais causas de alergia a cachorros
A Alergia ao Cachorro nem sempre estea relacionada com alergia ao pelo do cão.

 

Você já deve ter ouvido falar que algumas raças de cães desencadeiam sintomas de alergia, enquanto outras não, ou que os cães de pelo curto são mais seguros, enquanto os cães de pelo comprido, propensos a se soltar, não.

Mas, no geral, os especialistas dizem que não é esse o caso. De fato, dois cães da mesma raça podem emitir níveis muito diferentes de alérgeno.

Não é o pelo do cachorro que é o verdadeiro problema da alergia. Em vez disso, as pessoas geralmente são alérgicas ao pelo - flocos de pele morta -, bem como à saliva e à urina. Portanto, não importa quão longo ou curto é pelo do cachorro, qualquer cão pode causar uma reação alérgica.

Você pode se perguntar por que a caspa de cachorro tem esse efeito em você.

Pessoas com alergias têm sistema imunológico super sensível.

Seus corpos reagem exageradamente a substâncias inofensivas - como pelos de cães - e os atacam como se fossem bactérias ou vírus.

Os olhos lacrimejantes e espirros são apenas os efeitos colaterais da tentativa do corpo de destruir ou liberar o alérgeno do corpo.

Testes para alergias a cães

O médico pode fazer um teste cutâneo ou um exame de sangue que detectará IgE específica de alérgeno (imunoglobulina E) para descobrir se você tem alergias a cães ou mesmo alergia especificamente ao pelo do cachorro.

Mesmo se você tiver...

... certeza de que é alérgico, o teste é sempre uma boa ideia.

Algumas pessoas que assumem que têm alergias a cachorro acabam não as tendo realmente. Em vez disso, eles são alérgicos ao pólen ou mofo que o cão carrega na pelagem por fora.

Embora os testes de alergia sejam úteis, nem sempre são conclusivos.

Portanto, se você possui um cão, seu médico pode querer que você viva sem ele por um tempo para ver como é.

Para ter uma boa noção de seus sintomas, pode levar algum tempo. Muitas vezes, leva meses antes que o nível de pelos da casa caia para um nível semelhante ao de uma casa sem cachorro.

Tratamento de alergias a cães

As alergias de cachorros podem ser tratadas com medicamentos antialérgicos padrão. O seu médico pode recomendar:

    • Anti-histamínicos, que bloqueiam os efeitos de um produto químico que desencadeia sintomas de alergia em cães; são vendidos sem receita - como cetirizina ( Zyrtec ), difenidramina ( Benadryl ), fexofenadina ( Allegra ) e loratadina ( Claritin ) - ou mediante receita médica. Alguns anti-histamínicos, como a azelastina ( Astelin ), estão disponíveis como sprays nasais.
    • Descongestionantes, que reduzem o inchaço no nariz e aliviam a congestão; exemplos são Sudafed e Allegra-D de venda livre sem receita nas formácias.
    • Esteróides nasais, que são sprays que aliviam os sintomas da alergia, acalmando a inflamação, são um tratamento de primeira linha para alergias. Os sprays de budesonida ( alergias de Rhinocort ), fluticasona ( Flonase ) e triamcinolona (Nasacort Allergy 24HR) estão disponíveis sem receita, enquanto outros estão disponíveis mediante receita médica.

Vacinas para alergia são outra opção para pessoas com alergias a cães.

Eles não funcionam para todos, e um curso completo de tratamento pode levar anos. Mas eles podem realmente ajudar algumas pessoas com alergias a animais de estimação. Fale sobre os prós e contras com o seu médico tanto sobre as vacinas quanto aos remédios para alergia de cachorro.

Seu ambiente e alergias a cães

A maioria dos alergistas concorda que, embora a medicação possa ajudar, a melhor maneira de controlar as alergias a cães é evitar o contato com os cachorros.

Aqui estão algumas dicas:

  • Mantenha distância. Não toque ou beije um cachorro. Da melhor maneira possível, evite ir para casas com cães. Se você precisar ficar em uma casa com um cachorro, pergunte se ele pode ser mantido fora da sala em que você dormirá por alguns meses antes de sua chegada.
  • Use o seu medicamento para alergia. Se você sabe que entrará em contato com um cão em breve, comece a tomar o medicamento algumas semanas antes do tempo. Ao tomar medicação preventivamente, você pode interromper uma reação alérgica antes que ela comece.
  • Desconfie de visitantes que possuem cães. pelos de...

    publicidade

    ...cães podem se apegar a roupas e malas. Portanto, mesmo que os convidados de sua casa deixem seus cães em casa, eles podem levar a caspa da pele do cachorro com eles - e isso pode causar muitos problemas.

Obviamente, alguns dos conselhos acima não ajudarão muito se você já tem um cachorro em sua casa.

Mesmo assim, ainda há coisas que você pode fazer:

  • Limpe fanaticamente a casa. Caspa de cachorro pode chegar a qualquer lugar. Portanto, você precisa varrer e esfregar o chão, tapetes  e móveis limpos regularmente. Se possível, faça um aspirador com um filtro HEPA. Os filtros de vácuo comuns não conseguem pegar os alérgenos e enviá-los de volta ao ar.
  • Deixe a sua casa mais fácil de limpar. Livre-se dos tapetes e cortinas. Abandone os móveis empoeirados e estofados. Reduzir o número de itens que podem pegar poeira e caspa pode ajudar com os sintomas de alergia do seu cão.
  • Filtre o ar. O aquecimento central e o ar-condicionado podem empurrar o pelo de cachorro para todos os cômodos da sua casa - mesmo aqueles onde o cão não pode entrar. Um filtro de ar central - assim como filtros nas aberturas de ventilação - podem ajudar.
  • Mantenha o cachorro fora do seu quarto. Como você passa um terço de cada dia no quarto, é essencial mantê-lo o mais livre possível de pelos de cães. Uma porta fechada não selará completamente os alérgenos, mas ajudará.
  • Não dê rédea livre ao cachorro. Proteja-se, tornando outras áreas da casa livres de cães também. Dependendo do clima e do ambiente, considere também manter o cão fora o máximo possível.

O banho do seu cão terá algum efeito sobre os sintomas da alergia?

Especialistas não têm certeza; alguns estudos mostraram que os banhos reduzem a quantidade de pelos no ar, enquanto outros não encontraram diferença. Você certamente pode experimentar banhos semanais e ver o que acontece. Apenas certifique-se de que alguém vai dar o banho não sofra com a alergia do pelo do cachorro..

Você pode achar que essas técnicas ajudam as alergias ao seu cão.

Mas se não o fizerem, é preciso considerar medidas mais drásticas - como desistir do cão.

É difícil de fazer, mas você precisa pensar de forma realista.

É injusto para as pessoas com alergias a cães se elas não puderem estar em suas próprias casas sem aguentar o nariz escorrendo e os espirros implacáveis.

Alergias não controladas também podem contribuir para a asma, que é uma doença grave.

Portanto, se você ou um membro da família tiver alergias a cães, converse com um médico. Obter o controle dos sintomas não apenas fará você se sentir melhor, mas também ajudará a protegê-lo de ficar doente.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade