Coceira na Pele - Pele Áspera e Vermelhidão na Pele
Autor: Dr. Pedro Lemos

Coceira na Pele - Pele Áspera e Vermelhidão na Pele

Coceira na pele é uma sensação desconfortável, irritante que pode tornar a coçar irresistível deixando vermelhidão na pele.

Prurido refere-se a uma sensação desagradável que causa a necessidade de coçar, comumente chamado de coceira pela maioria das pessoas. O prurido pode estar localizado em uma determinada área do corpo ou pode estar em todo lugar ou generalizado. Quando há uma erupção cutânea que acompanha o prurido, a causa geralmente é facilmente determinada e tratada. No entanto, os casos mais difíceis de prurido são aqueles sem uma erupção associada.

Biologia do Comichão

A coceira na pele ocorre quando as fibras nervosas da pele enviam uma mensagem para o cérebro através dos nervos. Coceira e dor são sensações intimamente relacionadas, na medida em que os mesmos nervos transmitem ambos os sinais ao cérebro.

O prurido pode ser causado por uma reação local na pele (prurido localizado) ou uma doença sistêmica que provoca coceira generalizada (prurido generalizado). Em alguns casos, a causa pode ser psicológica ou desconhecida (idiopática).

Além do que provoca uma coceira em primeiro lugar, coçar muitas vezes pode levar a ainda mais coceira. Isto é referido como o ciclo de coceira e torna-se importante no tratamento da coceira, não importa a causa subjacente.

Coceira na Pele: O que pode ser?

Coceira na pele é uma sensação desconfortável, irritante que pode tornar a coçar irresistível.

Parece simples. Quando você coçar, você arranhar. Mas a coceira...

... na pele pode ter centenas de causas possíveis.

Também conhecida como prurido, coceira na pele pode ser o resultado de uma erupção cutânea ou de outra condição, como a psoríase ou dermatite.

Coceira na pele pode ser um sintoma de uma doença interna, como insuficiência renal ou doença hepática. Apesar de coceira, a pele pode parecer normal. Ou pode ser acompanhada por vermelhidão na pele, pele áspera, inchaços ou bolhas.

Identificar e tratar a causa subjacente de coceira na pele é importante para o prurido a longo prazo.

Coceira na pele possui tratamentos que incluem medicamentos, curativos molhados e terapia de luz. Medidas de autocuidado, incluindo produtos anti-coceira e banhos frescos, também podem ajudar.

Coceira na pele pode ocorrer em áreas pequenas, como em um braço ou perna. Ou todo o seu corpo pode sentir coceira.

Coceira na pele pode ocorrer sem qualquer alteração visível na pele. Ou ele pode ser associado com:

  • Vermelhidão na Pele
  • Inchaços, manchas ou bolhas
  • Pele seca e rachada
  • Textura coriácea ou escamosa da pele

Às vezes a coceira dura muito tempo e pode ser intensa. E quanto mais coçar, mais você vai querer coçar. Quebrar este ciclo de "coça coça" na pele pode ser um desafio.

Quando Consultar um Médico

Consulte o seu médico ou consultar um especialista em doenças de pele...

publicidade

...(dermatologista), se a coceira:

  • Durar mais de duas semanas e não melhorar com medidas de autocuidado
  • É extremamente grave e desconfortável e causa distração de suas rotinas diárias ou impede você de dormir
  • Não pode ser facilmente explicada
  • Afeta todo o seu corpo
  • É acompanhada por outras sintomas como cansaço extremo, perda de peso, alterações nos hábitos intestinais ou frequência urinária, febre ou vermelhidão da pele.

Tratamento

O melhor tratamento do prurido é corrigir a causa subjacente da coceira, seja uma condição da pele ou uma doença sistêmica.

Até que o problema subjacente seja corrigido, o tratamento pode ser necessário para controlar a coceira e reduzir o ciclo de coceira. Tratamentos inespecíficos para coceira incluem cremes esteroides tópicos, anti-histamínicos orais e bons cuidados com a pele.

Dicas para lidar com o prurido

  • O banho deve ser limitado a chuveiros frios e curtos.
  • Aplique sabão apenas na virilha, axilas, área anal, sob os seios e áreas de pele oleosa.
  • Aplique um creme hidratante suave imediatamente após o banho.
  • Umidifique sua casa para pelo menos 40%, especialmente durante meses secos e frios.
  • Evite o contato com lã, fibra de vidro, detergentes ou outros irritantes tópicos.
  • Não arranhar a pele.

Se tiver sintomas graves ou persistentes de comichão, especialmente prurido generalizado, consulte o seu médico para uma avaliação e tratamento adequados.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade