O que é Cafeína?
Autor:

O que é Cafeína?

A Cafeína estimula sistema nervoso, respiratório e cardíaco, alterando o metabolismo do corpo. Veja os Efeitos da Cafeína no seu corpo!

O que é Cafeína?

A cafeína é uma droga estimulante de ação rápida e é a droga estimulante mais consumida em todo o mundo.

Existem poucas pessoas que não estão conscientes do efeito estimulante que a cafeína fornece para corpo.

Os principais efeitos da cafeína é que ela pode alterar o metabolismo do corpo, estimulando o sistema nervoso central, sistema respiratório e cardíaco.

Como a cafeína age sobre o sistema nervoso central (SNC), alterando e simulando o funcionamento do cérebro, é considerada uma droga estimulante psicoativa.

Na maioria das vezes tomadas de bebidas, como café, chá e refrigerantes como Coca-Cola, a cafeína pode ajudar a levantar a fadiga e aumentar a vigilância em quem o consome.

Fontes de Cafeína

A cafeína é naturalmente encontrada em certas folhas, feijões e frutas de mais de 60 plantas em todo o mundo.

Sua amargura atua como um impedimento para as pragas. As fontes mais comuns em nossa dieta são café, folhas de chá, cacau, cola e bebidas energéticas.

A cafeína também pode ser produzida sinteticamente e adicionada a alimentos, bebidas, suplementos e medicamentos.

Os rótulos dos produtos são necessários para listar a cafeína nos ingredientes, mas não são necessários para listar as quantidades reais da substância.

As fontes naturais de cafeína (Alimentos com Cafeína) incluem:

  • fruto da planta do café
  • chá
  • noz de cola
  • guaraná
  • erva-mate

Abaixo você pode conferir os principais produtos que contém cafeína:

  • Café preto
  • Refrigerante
  • Red Bull
  • Barra de chocolate (escuro)

Fontes adicionais de cafeína incluem:

  • doces
  • medicamentos e suplementos
  • qualquer produto alimentar que promova aumentar a energia
  • certas gomas de mascar

Fatos sobre a Cafeína

  • A cafeína é um estimulante obtido de mais de 60 tipos diferentes de plantas em todo o mundo.
  • O nome científico da cafeína é 1,3,7-trimetilxantina.
  • A cafeína é considerada a droga psicoativa mais utilizada no mundo.
  • Café, refrigerante e chá são as fontes mais comuns de cafeína na dieta.
  • A interrupção do uso regular de cafeína pode produzir sintomas de abstinência.
  • Os efeitos da cafeína persistem por cerca de três horas ou menos.
  • A cafeína é encontrada em alguns medicamentos combinados e produtos de controle de peso e emagrecimento.

Efeitos da Cafeína no Organismo

Como um estimulante, a cafeína afeta o metabolismo do corpo.

Cafeína:

  • estimula o SNC (sistema nervoso central)
  • aumenta o fluxo sanguíneo para os rins, aumentando a micção eo subseqüente risco
  • de desidratação
  • provoca a liberação de ácidos graxos de gordos, tecido adiposo
  • alerta aumenta
  • retarda a fadiga e aumenta os níveis de energia

Embora a cafeína não é armazenada no organismo, os efeitos da cafeína são duradouros. Pode levar horas para que os efeitos da cafeína se dissipar e eliminado do corpo.

O que é um excesso de cafeína

Cafeína tem as suas vantagens, mas ela pode representar problemas também. Saiba o quanto é demais e se você precisa reduzir seu consumo.

Se você confia na cafeína para te manter atendo, acordado e com energia, você não está sozinho. A cafeína é usada por milhões de pessoas todos os dias, para aumentar a vigília, aliviar a fadiga e melhorar a concentração e foco.

A cafeína é um estimulante encontrado em vários alimentos, bebidas e outros...

... produtos. É comumente usado para mantê-lo acordado e alerta. A cafeína é tecnicamente uma droga, e algumas das bebidas mais populares, como café, chá e refrigerante, contêm quantidades significativas de cafeína.

Segundo a Clínica Mayo, a quantidade recomendada de cafeína é geralmente 400 miligramas por dia para adultos saudáveis. A overdose de cafeína pode ocorrer se você ingerir mais do que esse valor. Os adolescentes devem limitar-se a não mais que 100 mg de cafeína por dia. As mulheres grávidas devem limitar sua ingestão diária a 200 mg de cafeína, uma vez que os efeitos da cafeína no bebê não são totalmente conhecidos.

No entanto, o que constitui uma quantidade segura de cafeína difere para todos com base na idade, peso e saúde geral.

A meia-vida média da cafeína no sangue varia de 1,5 a 9,5 horas. Isso significa que pode levar de 1,5 a 9,5 horas para que o nível de cafeína no sangue caia para metade de sua quantidade original. Essa ampla faixa de meia-vida média dificulta o conhecimento da quantidade exata de cafeína que pode levar à superdosagem.

O que seria uma possível Oversode de Cafeína

Acima de 400 miligramas (mg) de cafeína por dia parece ser seguro para a maioria dos adultos saudáveis. Isso é aproximadamente a quantidade de cafeína em quatro xícaras de café, 10 latas de coca-cola ou duas doses de energético.

Embora o uso de cafeína pode ser seguro para adultos, não é uma boa idéia para as crianças. E adolescentes devem limitar-se a não mais de 100 mg de cafeína por dia.

Mesmo entre adultos, o uso pesado de cafeína pode causar efeitos colaterais desagradáveis. E cafeína pode não ser uma boa escolha para pessoas que são altamente sensíveis aos seus efeitos ou que tomam certos medicamentos.

Algumas pessoas são mais sensíveis à cafeína do que outras. Se você é suscetível aos efeitos da cafeína, apenas com pequenas quantidades, até mesmo uma xícara de café ou chá, podem levar a efeitos indesejados, tais como a agitação e problemas de sono.

Como você reage a cafeína pode ser determinado em parte pela quantidade de cafeína que você está acostumado a beber. As pessoas que regularmente não bebem cafeína tendem a ser mais sensíveis aos seus efeitos negativos.

Outros fatores podem incluir a massa corporal, idade, condições de saúde e uso de medicação como transtornos de ansiedade. Pesquisas sugerem que os homens podem ser mais suscetíveis aos efeitos da cafeína do que as mulheres são.

O execesso de cafeína pode gerar uma overdose de cafeína sendo fatal nos casos mais graves, mas muitas pessoas só notam alguns sintomas desagradáveis que desaparecem quando a cafeína é excretada do corpo como:

  • Insônia
  • Nervosismo
  • Inquietação
  • Irritabilidade
  • Dor de estômago
  • Batimento cardíaco rápido
  • Tremores musculares

Causas e fatores de risco do excesso e overdose de cafeína

O excesso de cafeína pode gerar uma overdose que ocorre quando você ingerir muita cafeína através de bebidas, alimentos ou medicamentos.

No entanto, algumas pessoas podem ingerir bem acima da quantidade...

publicidade

...diária recomendada todos os dias sem problemas. Isso não é recomendado porque altas doses de cafeína podem causar sérios problemas de saúde, incluindo batimentos cardíacos irregulares e convulsões.

Consumir altas doses de cafeína em uma base regular também pode levar a desequilíbrios hormonais.

Se você raramente consome cafeína, seu corpo pode ser especialmente sensível a isso, então evite ingerir muito de uma só vez. Mesmo que consuma regularmente grandes quantidades de cafeína, deve parar quando sentir algum sintoma desagradável.

Sintomas da overdose de cafeína?

Vários tipos de sintomas ocorrem quando ocorre um execesso de cafeína. Alguns sintomas podem não alertá-lo imediatamente de que você tomou cafeína demais, porque eles podem não parecer sérios. Por exemplo, você pode experimentar:

  • tontura
  • diarréia
  • aumento da sede
  • insônia
  • dor de cabeça
  • febre
  • irritabilidade

Outros sintomas são mais graves e exigem tratamento médico imediato. Estes sintomas mais graves de overdose de cafeína incluem:

  • Problemas respiratórios
  • vômito
  • alucinações
  • confusão
  • dor no peito
  • pulsação irregular ou rápida
  • movimentos musculares incontroláveis
  • convulsões

Os bebês também podem sofrer de overdose de cafeína. Isso pode acontecer quando o leite materno contém quantidades excessivas de cafeína. Alguns sintomas leves incluem náuseas e músculos que continuamente se tensionam e depois relaxam. Sinais mais graves de overdose de cafeína podem acompanhar esses sintomas, incluindo vômitos, respiração acelerada e choque .

Se você ou uma criança sob seus cuidados estiver passando por esses sintomas, procure imediatamente a ajuda de um médico para diagnóstico e tratamento.

Diagnosticando overdose de cafeína

Se você suspeitar de uma overdose de cafeína, informe seu médico sobre qualquer item com cafeína que você tenha consumido antes de ter sintomas.

Sua frequência respiratória, batimento cardíaco e pressão arterial também serão monitorados. Sua temperatura pode ser tomada, e você pode receber uma urina ou exame de sangue para identificar os medicamentos em seu sistema.

Tratamento para overdose de cafeína

O tratamento é feito para tirar a cafeína do seu corpo enquanto gerencia os sintomas. Você pode receber carvão ativado, um remédio comum para overdose de drogas, que muitas vezes impede a cafeína de entrar no trato gastrointestinal.

Se a cafeína já entrou em seu trato gastrointestinal, você pode ser oferecido um laxante ou até mesmo uma lavagem gástrica. A lavagem gástrica envolve o uso de um tubo para lavar o conteúdo do estômago. Seu médico provavelmente escolherá o método que funciona mais rápido para tirar a cafeína do seu corpo.

Durante este tempo, seu coração será monitorado através de um ECG ( eletrocardiograma ). Você também pode receber suporte respiratório quando necessário.

Se os sintomas forem leves, você pode esperar até que a cafeína não esteja mais no seu corpo ou tratar a overdose por conta própria. Alguns tratamentos domiciliares para a superdosagem de cafeína incluem beber água, fazer exercícios leves e ingerir alimentos ricos em potássio ou magnésio, como bananas ou folhas verdes escuras.

O tratamento em casa nem sempre acelera o metabolismo do seu corpo para retirar a cafeína que estea circulando no seu organismo. Caso você ainda continue com os sintomas, vá direto para um hospital.

Sobre o Autor
Dr. Pedro Lemos - Médico Generalista escritor

Médico Generalista escritor com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade