Quais são os melhores alimentos para uma pele saudável?

Quais são os melhores alimentos para uma pele saudável?

Você já sabe que preencher sua dieta com alimentos energéticos, como verduras de folhas escuras, chocolate amargo, frutas cítricas, pode ajudar a combater doenças crônicas como doenças cardíacas e diabetes. Mas você sabia que certos alimentos também podem fazer maravilhas na sua pele?

publicidade
publicidade
Alimentação e Nutrição

Os melhores alimentos para uma pele saudável

Nutrição é importante para a saúde. Uma dieta pouco saudável pode danificar o seu metabolismo, causar ganho de peso e até mesmo ferir órgãos, como o coração e o fígado. Mas o que você come também afeta outro órgão - sua pele.

À medida que os cientistas aprendem mais sobre dieta e o corpo, fica cada vez mais claro que o que você come pode afetar significativamente a saúde e o envelhecimento de sua pele.

Você já sabe que preencher sua dieta com alimentos energéticos, como verduras de folhas escuras, chocolate amargo, frutas cítricas, pode ajudar a combater doenças crônicas como doenças cardíacas e diabetes. Mas você sabia que certos alimentos também podem fazer maravilhas na sua pele?

Pesquisa sobre os melhores alimentos para uma pele saudável é limitada. Ainda assim, alimentos ricos em antioxidantes parecem ter um efeito protetor para a pele.

Considere estes alimentos para uma pele saudável

Todo mundo tem um creme facial favorito ou tratamento, mas a pele bonita começa com a nutrição de dentro para fora. Células mais velhas são constantemente eliminadas e substituídas por células mais jovens, e um suprimento constante de nutrientes essenciais é essencial para sustentar esse rápido crescimento. Coma o equilíbrio correto de alimentos e você alimentará a pele com os nutrientes vitais necessários para mantê-la macia, flexível e sem defeitos.

Dito isso, por mais que tentemos resistir, nossa pele envelhece naturalmente. Rugas e manchas da idade são o resultado inevitável do tempo, mas o envelhecimento da pele pode ser acelerado pela exposição excessiva ao sol e a camas de bronzeamento, sabonetes fortes, produtos químicos e má nutrição. Com isso em mente, uma abordagem holística é a melhor. Trate sua pele amavelmente e otimizar sua nutrição, comendo frutas e legumes ricos em antioxidantes, gorduras saudáveis...

publicidade ;)

... de peixes oleosos e nozes, e uma dieta variada e equilibrada. Isso deve fornecer níveis ótimos de nutrientes que são cruciais para a pele radiante, incluindo beta-caroteno, vitaminas C e E, zinco e selênio.

  • Cenouras, damascos e outras frutas amarelas e laranja e legumes
  • Espinafre e outros vegetais de folhas verdes
  • Tomates
  • Mirtilos
  • Feijões, ervilhas e lentilhas
  • Salmão, cavala e outros peixes gordos
  • Nozes

Por outro lado, alguns alimentos parecem ser associados com dano da pele.

Por exemplo, algumas pesquisas sugerem que uma dieta rica em carboidratos refinados ou processados e gorduras insalubres promove o envelhecimento da pele.

Lembre-se, muitos dos melhores alimentos para a pele saudável também promovem a boa saúde geral.

Ao invés de focar alimentos específicos para a pele saudável, concentre-se em uma dieta saudável em geral.

Coma em abundância frutas e legumes.

Escolha os produtos lácteos de baixo teor de gordura ou sem gordura. Incluir nozes, sementes e grãos em suas refeições favoritas.

Optar por massas e pães integrais. Limite de doces. Esforce-se para variedade, como você está fazendo escolhas saudáveis.

Coma para vencer problemas comuns de pele

Depois de fazer mudanças em sua dieta, não espere um milagre da noite para o dia. Leva seis semanas para a nova pele emergir até a superfície, de modo que os benefícios visíveis das mudanças na dieta levarão o mesmo tempo. Para condições de pele persistentes, converse com seu médico ou considere consultar um dermatologista.

Como a dieta pode afetar a acne?

A acne é causada pela inflamação e infecção das glândulas sebáceas da pele. As glândulas sebáceas são estimuladas por hormônios (particularmente andrógenos). Para evitar a acne, reduza as gorduras saturadas e hidrogenadas em margarinas e alimentos processados. Também reduza a junk food, bem como alimentos ricos em açúcar, como bolos e biscoitos. Coma mais cru legumes, cereais integrais, frutas frescas e peixe. Tente incluir alimentos ricos em selênio,...

publicidade

...como castanha do Pará, castanha de caju, atum fresco, sementes de girassol, nozes e pão integral.

Como a dieta pode afetar a psoríase?

A psoríase aparece como manchas vermelhas da pele com escamas prateadas, mais comumente nos cotovelos e joelhos. As manchas são causadas pelo rápido crescimento e proliferação de células nas camadas externas da pele. Manchas podem causar coceira e dor e em casos graves, a pele pode rachar e sangrar. Algumas pessoas descobrem surtos quando se sentem deprimidas. Queimaduras solares, álcool, tabagismo, obesidade e estresse também estão implicados e pode haver alimentos desencadeantes que você terá que identificar usando uma dieta de exclusão, embora sempre verifique com seu médico antes de cortar os grupos de alimentos. Ácidos graxos essenciais (EFAs) de óleo de peixe ou óleos de nozes e sementes prensados a frio são importantes para serem incluídos na dieta. isto também deve ser pobre em gordura saturada e incluir ervas anti-inflamatórias, como açafrão, pimenta vermelha, gengibre, cominho, erva-doce, alecrim e alho.

How can diet affect eczema? Eczema is a skin condition that usually begins as patchy redness, often on the hands but can appear anywhere on the skin. Although there are many triggers, one of the most common is food sensitivity. The most common offending foods are milk, eggs, fish, cheese, nuts and food additives. Omega-3 fats, zinc and vitamin E may help reduce symptoms.

Como a dieta pode afetar o eczema?

O eczema é uma condição da pele que geralmente começa como vermelhidão irregular, geralmente nas mãos, mas pode aparecer em qualquer parte da pele. Embora existam muitos gatilhos, um dos mais comuns é a sensibilidade alimentar. Os alimentos ofensivos mais comuns são leite, ovos, peixe, queijo, nozes e aditivos alimentares. Gorduras ômega-3, zinco e vitamina E podem ajudar a reduzir os sintomas.

publicidade

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.