Chocolate pode evitar ataques cardíacos e derrames

Chocolate pode evitar ataques cardíacos e derrames

O chocolate amargo é mais eficiente no combate a derrames e doenças cardíacas.

publicidade

Diminua o risco de ter um ataque cardíaco ou derrame com chocolate na sua dieta

Um estudo alemão sugere que uma barra de chocolate ao dia pode reduzir os riscos de doenças cardíacas e derrames em até 39%. De acordo com os cientistas, o cacau contém antioxidantes que aumentam o nível de óxido nítrico no sangue e melhora o funcionamento dos vasos sanguíneos.

O estudo, que levou oito anos para ser concluído, foi realizado com cerca de 30.000 pessoas...

publicidade

... entre 35 e 65 anos e confirmou os resultados de pesquisas menores e anteriores a esta. Segundo os responsáveis, o chocolate amargo é mais eficiente no combate a derrames e doenças cardíacas do que a variação ao leite ou branco porque possui níveis mais altos de antioxidantes e cacau.

Chocolate pode evitar derrames

Apesar dos resultados animadores, Brian Buijsse, do German Institute of Human Nutrition, alerta que o chocolate deve ser consumido com moderação, já que...

publicidade

...100 gramas do produto possuem em média 500 calorias. Se consumida em excesso, a guloseima pode causar aumento de peso e da pressão arterial.

"Dado os efeitos promissores do cacau, é tentador consumir mais chocolate. Porém, é preciso assegurar que esse consumo faz parte de uma dieta saudável e balanceada", afirmou Buijsse. 

"Pequenas quantidades de chocolate podem prevenir doenças do coração, mas apenas se estiver substituindo alimentos calóricos para que o peso seja mantido estável", concluiu o pesquisador.

Sobre o Autor

Médico Generalista com 35 anos de experiência em Clínica Geral / Saúde da Família.

Aviso Saudável
Os conteúdo do artigo e demais informações divulgadas não devem substituir a orientação ou o diagnóstico de profissionais de saúde ou um especialista na área de saúde.
Em caso de emergência médica ligue para 192 e solicite ajuda!
Disque Saúde SUS (Sistema Único de Saúde) ligue para 136
Centro de Valorização da Vida (CVV) ligue para 188.

publicidade